Lucas Soares Lucas Soares 4/11/2013

As emocionantes fuga do Z-4 e luta pelo G-4

BrasileirãoO Brasileirão 2013 se aproxima do seu fim. Já temos praticamente um campeão, com o Cruzeiro com 99,8% de chances, podendo garantir o caneco já na próxima rodada, um rebaixado matematicamente (Náutico) e uma luta indecente pelas vagas no G-4 e pela permanência na Série A em 2014. E é esse o tema da coluna desta semana.

De garantido na Libertadores mesmo, só o virtual campeão Cruzeiro. As outras vagas estão entre Atlético-PR, Grêmio, Botafogo e Goiás. Além desses clubes, Vitória, Santos, São Paulo e Flamengo têm chances mínimas de beliscar uma vaguinha na maior competição das Américas. Isso não deve acontecer, pelo menos por este caminho. Se Grêmio, Atlético-PR, Goiás ou Flamengo vencerem a Copa do Brasil e terminarem o campeonato entre os quatro primeiros, a vaga é do quinto colocado, caso nenhum time brasileiro vença a Copa Sulamericana. Neste caso, seriam apenas três vagas pela Série A, aumentando ainda mais a briga.

Mas a emoção sobra mesmo é na parte de baixo. Se antes ninguém acreditava na permanência de Ponte Preta e Criciúma, esse cenário é totalmente o inverso hoje. Apenas três pontos separam o Criciúma (33), penúltimo colocado, do Fluminense (36), primeiro fora da zona de rebaixamento. O equilíbrio é tão grande que, segundo os matemáticos, até o São Paulo, atual 8º colocado com 46 pontos, tem chance de descer (0,1%), mesmo que mínimas.

Continuo na teoria de que pode acontecer de tudo, embora já tenha algumas previsões. A tabela do Fluminense não é difícil. Tem pela frente apenas equipes que devem cumprir tabela até o fim da competição. Só depende de si para se salvar. O Vasco tem adversários difíceis, e deve ficar preocupado pelo que vinha jogando. A vitória sobre o Coritiba aliviou a pressão, mas não tirou o time da zona de rebaixamento. Criciúma e Ponte Preta enfrentam times complicados e o caminho deve ser a Série B. Há ainda o Bahia, que não consegue vencer há cinco rodadas e preocupa seu torcedor. Qual será o desfecho dessas disputas?

Copa do Brasil

Nesta quarta-feira, 6 de novembro, serão definidos os finalistas da Copa do Brasil. Flamengo ou Goiás disputam uma vaga no Maracanã e a vantagem é do clube carioca, que venceu o primeiro jogo por 2 a 1. O Rubro-Negro pode perder por até 1 a 0 que sairá do estádio classificado.

Na outra chave, Grêmio e Atlético-PR disputam a classificação. Como a equipe paranaense venceu o primeiro confronto pelo placar mínimo, dentro de casa, o Grêmio precisa fazer gols caso queira avançar. 1 a 0 para o Grêmio leva a disputa para os pênaltis. Uma vitória gaúcha por 2 ou mais gols de diferença e a final será em Porto Alegre. Caso a diferença seja de um gol, com o Atlético-PR marcando, a final será disputada no Paraná.

Quem serão os finalistas?


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.

-
Lucas Soares Lucas Soares 4/11/2013

As emocionantes fuga do Z-4 e luta pelo G-4

BrasileirãoO Brasileirão 2013 se aproxima do seu fim. Já temos praticamente um campeão, com o Cruzeiro com 99,8% de chances, podendo garantir o caneco já na próxima rodada, um rebaixado matematicamente (Náutico) e uma luta indecente pelas vagas no G-4 e pela permanência na Série A em 2014. E é esse o tema da coluna desta semana.

De garantido na Libertadores mesmo, só o virtual campeão Cruzeiro. As outras vagas estão entre Atlético-PR, Grêmio, Botafogo e Goiás. Além desses clubes, Vitória, Santos, São Paulo e Flamengo têm chances mínimas de beliscar uma vaguinha na maior competição das Américas. Isso não deve acontecer, pelo menos por este caminho. Se Grêmio, Atlético-PR, Goiás ou Flamengo vencerem a Copa do Brasil e terminarem o campeonato entre os quatro primeiros, a vaga é do quinto colocado, caso nenhum time brasileiro vença a Copa Sulamericana. Neste caso, seriam apenas três vagas pela Série A, aumentando ainda mais a briga.

Mas a emoção sobra mesmo é na parte de baixo. Se antes ninguém acreditava na permanência de Ponte Preta e Criciúma, esse cenário é totalmente o inverso hoje. Apenas três pontos separam o Criciúma (33), penúltimo colocado, do Fluminense (36), primeiro fora da zona de rebaixamento. O equilíbrio é tão grande que, segundo os matemáticos, até o São Paulo, atual 8º colocado com 46 pontos, tem chance de descer (0,1%), mesmo que mínimas.

Continuo na teoria de que pode acontecer de tudo, embora já tenha algumas previsões. A tabela do Fluminense não é difícil. Tem pela frente apenas equipes que devem cumprir tabela até o fim da competição. Só depende de si para se salvar. O Vasco tem adversários difíceis, e deve ficar preocupado pelo que vinha jogando. A vitória sobre o Coritiba aliviou a pressão, mas não tirou o time da zona de rebaixamento. Criciúma e Ponte Preta enfrentam times complicados e o caminho deve ser a Série B. Há ainda o Bahia, que não consegue vencer há cinco rodadas e preocupa seu torcedor. Qual será o desfecho dessas disputas?

Copa do Brasil

Nesta quarta-feira, 6 de novembro, serão definidos os finalistas da Copa do Brasil. Flamengo ou Goiás disputam uma vaga no Maracanã e a vantagem é do clube carioca, que venceu o primeiro jogo por 2 a 1. O Rubro-Negro pode perder por até 1 a 0 que sairá do estádio classificado.

Na outra chave, Grêmio e Atlético-PR disputam a classificação. Como a equipe paranaense venceu o primeiro confronto pelo placar mínimo, dentro de casa, o Grêmio precisa fazer gols caso queira avançar. 1 a 0 para o Grêmio leva a disputa para os pênaltis. Uma vitória gaúcha por 2 ou mais gols de diferença e a final será em Porto Alegre. Caso a diferença seja de um gol, com o Atlético-PR marcando, a final será disputada no Paraná.

Quem serão os finalistas?


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.

Lucas Soares Lucas Soares 4/11/2013

As emocionantes fuga do Z-4 e luta pelo G-4

BrasileirãoO Brasileirão 2013 se aproxima do seu fim. Já temos praticamente um campeão, com o Cruzeiro com 99,8% de chances, podendo garantir o caneco já na próxima rodada, um rebaixado matematicamente (Náutico) e uma luta indecente pelas vagas no G-4 e pela permanência na Série A em 2014. E é esse o tema da coluna desta semana.

De garantido na Libertadores mesmo, só o virtual campeão Cruzeiro. As outras vagas estão entre Atlético-PR, Grêmio, Botafogo e Goiás. Além desses clubes, Vitória, Santos, São Paulo e Flamengo têm chances mínimas de beliscar uma vaguinha na maior competição das Américas. Isso não deve acontecer, pelo menos por este caminho. Se Grêmio, Atlético-PR, Goiás ou Flamengo vencerem a Copa do Brasil e terminarem o campeonato entre os quatro primeiros, a vaga é do quinto colocado, caso nenhum time brasileiro vença a Copa Sulamericana. Neste caso, seriam apenas três vagas pela Série A, aumentando ainda mais a briga.

Mas a emoção sobra mesmo é na parte de baixo. Se antes ninguém acreditava na permanência de Ponte Preta e Criciúma, esse cenário é totalmente o inverso hoje. Apenas três pontos separam o Criciúma (33), penúltimo colocado, do Fluminense (36), primeiro fora da zona de rebaixamento. O equilíbrio é tão grande que, segundo os matemáticos, até o São Paulo, atual 8º colocado com 46 pontos, tem chance de descer (0,1%), mesmo que mínimas.

Continuo na teoria de que pode acontecer de tudo, embora já tenha algumas previsões. A tabela do Fluminense não é difícil. Tem pela frente apenas equipes que devem cumprir tabela até o fim da competição. Só depende de si para se salvar. O Vasco tem adversários difíceis, e deve ficar preocupado pelo que vinha jogando. A vitória sobre o Coritiba aliviou a pressão, mas não tirou o time da zona de rebaixamento. Criciúma e Ponte Preta enfrentam times complicados e o caminho deve ser a Série B. Há ainda o Bahia, que não consegue vencer há cinco rodadas e preocupa seu torcedor. Qual será o desfecho dessas disputas?

Copa do Brasil

Nesta quarta-feira, 6 de novembro, serão definidos os finalistas da Copa do Brasil. Flamengo ou Goiás disputam uma vaga no Maracanã e a vantagem é do clube carioca, que venceu o primeiro jogo por 2 a 1. O Rubro-Negro pode perder por até 1 a 0 que sairá do estádio classificado.

Na outra chave, Grêmio e Atlético-PR disputam a classificação. Como a equipe paranaense venceu o primeiro confronto pelo placar mínimo, dentro de casa, o Grêmio precisa fazer gols caso queira avançar. 1 a 0 para o Grêmio leva a disputa para os pênaltis. Uma vitória gaúcha por 2 ou mais gols de diferença e a final será em Porto Alegre. Caso a diferença seja de um gol, com o Atlético-PR marcando, a final será disputada no Paraná.

Quem serão os finalistas?


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.