Lucas Soares Lucas Soares 22/09/2014

Pesos e medidas

A bola gira. Nada como um dia após o outro no futebol. Se há uma semana o assunto era o Flamengo ser supostamente beneficiado pela arbitragem, ao fim da 23ª rodada o cenário mudou. Curioso, não?

Se no domingo o Corinthians acabou prejudicado com um gol em impedimento, no último domingo saiu rindo a toa com a arbitragem, que marcou dois pênaltis para o Timão e expulsou o lateral Álvaro Pereira, do Tricolor. O São Paulo, que vencia a partida por 2 a 1, acabou sofrendo a virada após o lance, mesmo com igualdade numérica após a expulsão de Fábio Santos, do Corinthians. Segundo Arnaldo Cezar Coelho, o juizão acertou em todos os lances capitais do jogo.

No Rio, muitas reclamações por parte da torcida do Flamengo - o clube, em si, não se pronunciou. Na jogada que originou o gol de empate do Fluminense, Fred empurrou Chicão (antes da bola entrar em jogo) e ficou livre para marcar. Aliás, o agarra agarra dentro da área poderia ter rendido pênaltis para os dois lados, se o árbitro quisesse. Não quis e o jogo empatou.

Ainda falando de Flamengo - e não defendendo o clube que sou torcedor, apenas expondo fatos - durante o Bate-Bola, da ESPN, os comentaristas analisaram lances capitais envolvendo o clube rubro-negro e chegou-se a conclusão de que o time da Gávea foi beneficiado 5 vezes e prejudicado 6 pela arbitragem. Ideal seria se o placar ficasse no 0 a 0, concordam? 

Se o tema ainda for arbitragem, o Botafogo acabou se beneficiando de um impedimento, difícil de ser marcado, que garantiria o gol da vitória do Criciúma contra os cariocas, após conclusão de Paulo Baier. Também não vi nenhum botafoguense reclamando de juiz nesta semana.

Sheik

Vergonha! Vergonha! Vergonha! Sheik, você é um bom atacante, raçudo, não apresenta sinais da idade e desde que chegou ao Brasil, falou o que pensa. Gostaria de te parabenizar por falar o que todo mundo pensa sobre o órgão regulador do futebol brasileiro. Você possivelmente será punido por falar a verdade, já que a nossa legislação esportiva recheada de imbecilidades não permite liberdade de expressão.

No entanto, camarada, lembre-se que a CBF também tem razão quando se refere a você. Nome e idade adulterada para jogar no exterior, problemas com receita federal por sonegação de impostos, contrabando... Você também não é um exemplo de pessoa.

Palmeiras

Rumo à Série B 2015. O Verdão caminha a passos largos para o terceiro rebaixamento de sua história, o segundo em três anos. Um time que apresenta pouca evolução, não tem em seu elenco grandes nomes e convive com lesões, jovens de pouco talento e dívidas. Tá difícil se safar...


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.

-
Lucas Soares Lucas Soares 22/09/2014

Pesos e medidas

A bola gira. Nada como um dia após o outro no futebol. Se há uma semana o assunto era o Flamengo ser supostamente beneficiado pela arbitragem, ao fim da 23ª rodada o cenário mudou. Curioso, não?

Se no domingo o Corinthians acabou prejudicado com um gol em impedimento, no último domingo saiu rindo a toa com a arbitragem, que marcou dois pênaltis para o Timão e expulsou o lateral Álvaro Pereira, do Tricolor. O São Paulo, que vencia a partida por 2 a 1, acabou sofrendo a virada após o lance, mesmo com igualdade numérica após a expulsão de Fábio Santos, do Corinthians. Segundo Arnaldo Cezar Coelho, o juizão acertou em todos os lances capitais do jogo.

No Rio, muitas reclamações por parte da torcida do Flamengo - o clube, em si, não se pronunciou. Na jogada que originou o gol de empate do Fluminense, Fred empurrou Chicão (antes da bola entrar em jogo) e ficou livre para marcar. Aliás, o agarra agarra dentro da área poderia ter rendido pênaltis para os dois lados, se o árbitro quisesse. Não quis e o jogo empatou.

Ainda falando de Flamengo - e não defendendo o clube que sou torcedor, apenas expondo fatos - durante o Bate-Bola, da ESPN, os comentaristas analisaram lances capitais envolvendo o clube rubro-negro e chegou-se a conclusão de que o time da Gávea foi beneficiado 5 vezes e prejudicado 6 pela arbitragem. Ideal seria se o placar ficasse no 0 a 0, concordam? 

Se o tema ainda for arbitragem, o Botafogo acabou se beneficiando de um impedimento, difícil de ser marcado, que garantiria o gol da vitória do Criciúma contra os cariocas, após conclusão de Paulo Baier. Também não vi nenhum botafoguense reclamando de juiz nesta semana.

Sheik

Vergonha! Vergonha! Vergonha! Sheik, você é um bom atacante, raçudo, não apresenta sinais da idade e desde que chegou ao Brasil, falou o que pensa. Gostaria de te parabenizar por falar o que todo mundo pensa sobre o órgão regulador do futebol brasileiro. Você possivelmente será punido por falar a verdade, já que a nossa legislação esportiva recheada de imbecilidades não permite liberdade de expressão.

No entanto, camarada, lembre-se que a CBF também tem razão quando se refere a você. Nome e idade adulterada para jogar no exterior, problemas com receita federal por sonegação de impostos, contrabando... Você também não é um exemplo de pessoa.

Palmeiras

Rumo à Série B 2015. O Verdão caminha a passos largos para o terceiro rebaixamento de sua história, o segundo em três anos. Um time que apresenta pouca evolução, não tem em seu elenco grandes nomes e convive com lesões, jovens de pouco talento e dívidas. Tá difícil se safar...


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.

Lucas Soares Lucas Soares 22/09/2014

Pesos e medidas

A bola gira. Nada como um dia após o outro no futebol. Se há uma semana o assunto era o Flamengo ser supostamente beneficiado pela arbitragem, ao fim da 23ª rodada o cenário mudou. Curioso, não?

Se no domingo o Corinthians acabou prejudicado com um gol em impedimento, no último domingo saiu rindo a toa com a arbitragem, que marcou dois pênaltis para o Timão e expulsou o lateral Álvaro Pereira, do Tricolor. O São Paulo, que vencia a partida por 2 a 1, acabou sofrendo a virada após o lance, mesmo com igualdade numérica após a expulsão de Fábio Santos, do Corinthians. Segundo Arnaldo Cezar Coelho, o juizão acertou em todos os lances capitais do jogo.

No Rio, muitas reclamações por parte da torcida do Flamengo - o clube, em si, não se pronunciou. Na jogada que originou o gol de empate do Fluminense, Fred empurrou Chicão (antes da bola entrar em jogo) e ficou livre para marcar. Aliás, o agarra agarra dentro da área poderia ter rendido pênaltis para os dois lados, se o árbitro quisesse. Não quis e o jogo empatou.

Ainda falando de Flamengo - e não defendendo o clube que sou torcedor, apenas expondo fatos - durante o Bate-Bola, da ESPN, os comentaristas analisaram lances capitais envolvendo o clube rubro-negro e chegou-se a conclusão de que o time da Gávea foi beneficiado 5 vezes e prejudicado 6 pela arbitragem. Ideal seria se o placar ficasse no 0 a 0, concordam? 

Se o tema ainda for arbitragem, o Botafogo acabou se beneficiando de um impedimento, difícil de ser marcado, que garantiria o gol da vitória do Criciúma contra os cariocas, após conclusão de Paulo Baier. Também não vi nenhum botafoguense reclamando de juiz nesta semana.

Sheik

Vergonha! Vergonha! Vergonha! Sheik, você é um bom atacante, raçudo, não apresenta sinais da idade e desde que chegou ao Brasil, falou o que pensa. Gostaria de te parabenizar por falar o que todo mundo pensa sobre o órgão regulador do futebol brasileiro. Você possivelmente será punido por falar a verdade, já que a nossa legislação esportiva recheada de imbecilidades não permite liberdade de expressão.

No entanto, camarada, lembre-se que a CBF também tem razão quando se refere a você. Nome e idade adulterada para jogar no exterior, problemas com receita federal por sonegação de impostos, contrabando... Você também não é um exemplo de pessoa.

Palmeiras

Rumo à Série B 2015. O Verdão caminha a passos largos para o terceiro rebaixamento de sua história, o segundo em três anos. Um time que apresenta pouca evolução, não tem em seu elenco grandes nomes e convive com lesões, jovens de pouco talento e dívidas. Tá difícil se safar...


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.