Lucas Soares Lucas Soares 11/05/2015

O que esperar do Brasileirão?

Começou o ano para os principais clubes do Brasil em 2015. Com o Brasileirão da Séries A e B em curso, os times finalmente têm um real motivo e adversários, teoricamente, à altura para competir em busca do título de maior reconhecimento do país. E, com 20 clubes, o que esperar do campeonato "mais equilibrado do mundo"?

Pra começar, temos sempre uma gama de clubes que são considerados favoritos ao título. Em 2015, ao meu ver, por ordem alfabética, seis clubes despontam como favoritos: Atlético-MG, Corinthians, Cruzeiro, Internacional, Palmeiras e São Paulo. Resumidamente, em um campeonato com 20 equipes, 30% delas têm altas chances de conquistar o caneco.

Isso sem levar em consideração outras equipes de expressão no cenário nacional que, com reforços pontuais e uma certa sorte, podem encostar no pelotão de frente: Flamengo, Grêmio, Santos, Sport e Vasco - estes sem grandes chances de título, na minha opinião. Só aí, já temos 11 clubes que podem bater de frente e surpreender na competição.

Por outro lado, Atlético-PR, Avaí, Chapecoense, Coritiba, Figueirense, Goiás e Joinville são "favoritos" ao descenso. Com folhas de pagamento de menor investimento, alguns deles em crise técnica e financeira, não me surpreenderia se o Z-4 for formado por quatro destes clubes lá em dezembro.

Restaram, então, duas equipes que não devem brigar por nada na competição: Fluminense e Ponte Preta. Por quê? Acredito que os dois clubes não correm risco de queda e também não podem ir longe na parte de cima. Eventualmente, podem lutar por alguma coisa, mas no fim do campeonato, devem terminar na parte intermediária da tabela, entre a 8ª e a 14ª colocação.

Claro que isso são só projeções e que pode haver uma reviravolta enorme até dezembro, principalmente com a janela de transferências do meio do ano. Alguns clubes podem perder seus melhores jogadores, outros podem contratar aquele salvador e mudar o panorama de tudo. Hoje, o cenário é este: seis favoritos ao título, onze para as quatro (ou até seis, dependendo da Copa do Brasil e da Libertadores) vagas no G-4 e sete brigando para não cair. Arrisca algum palpite?

Série B

Não precisaria de grandes adivinhações para dizer quem é o melhor time do torneio. Bahia e Botafogo são os grandes favoritos ao título e, ao que tudo indica, devem retornar à Série A em 2016. América-MG, Boa Esporte, Ceará, Mogi Mirim e Santa Cruz devem ser as outras equipes que vão compor o G-4.


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e pós-graduado em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora. Apaixonado por futebol, repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.

Lucas Soares Lucas Soares 11/05/2015

O que esperar do Brasileirão?

Começou o ano para os principais clubes do Brasil em 2015. Com o Brasileirão da Séries A e B em curso, os times finalmente têm um real motivo e adversários, teoricamente, à altura para competir em busca do título de maior reconhecimento do país. E, com 20 clubes, o que esperar do campeonato "mais equilibrado do mundo"?

Pra começar, temos sempre uma gama de clubes que são considerados favoritos ao título. Em 2015, ao meu ver, por ordem alfabética, seis clubes despontam como favoritos: Atlético-MG, Corinthians, Cruzeiro, Internacional, Palmeiras e São Paulo. Resumidamente, em um campeonato com 20 equipes, 30% delas têm altas chances de conquistar o caneco.

Isso sem levar em consideração outras equipes de expressão no cenário nacional que, com reforços pontuais e uma certa sorte, podem encostar no pelotão de frente: Flamengo, Grêmio, Santos, Sport e Vasco - estes sem grandes chances de título, na minha opinião. Só aí, já temos 11 clubes que podem bater de frente e surpreender na competição.

Por outro lado, Atlético-PR, Avaí, Chapecoense, Coritiba, Figueirense, Goiás e Joinville são "favoritos" ao descenso. Com folhas de pagamento de menor investimento, alguns deles em crise técnica e financeira, não me surpreenderia se o Z-4 for formado por quatro destes clubes lá em dezembro.

Restaram, então, duas equipes que não devem brigar por nada na competição: Fluminense e Ponte Preta. Por quê? Acredito que os dois clubes não correm risco de queda e também não podem ir longe na parte de cima. Eventualmente, podem lutar por alguma coisa, mas no fim do campeonato, devem terminar na parte intermediária da tabela, entre a 8ª e a 14ª colocação.

Claro que isso são só projeções e que pode haver uma reviravolta enorme até dezembro, principalmente com a janela de transferências do meio do ano. Alguns clubes podem perder seus melhores jogadores, outros podem contratar aquele salvador e mudar o panorama de tudo. Hoje, o cenário é este: seis favoritos ao título, onze para as quatro (ou até seis, dependendo da Copa do Brasil e da Libertadores) vagas no G-4 e sete brigando para não cair. Arrisca algum palpite?

Série B

Não precisaria de grandes adivinhações para dizer quem é o melhor time do torneio. Bahia e Botafogo são os grandes favoritos ao título e, ao que tudo indica, devem retornar à Série A em 2016. América-MG, Boa Esporte, Ceará, Mogi Mirim e Santa Cruz devem ser as outras equipes que vão compor o G-4.


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e pós-graduado em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora. Apaixonado por futebol, repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.

-
Lucas Soares Lucas Soares 11/05/2015

O que esperar do Brasileirão?

Começou o ano para os principais clubes do Brasil em 2015. Com o Brasileirão da Séries A e B em curso, os times finalmente têm um real motivo e adversários, teoricamente, à altura para competir em busca do título de maior reconhecimento do país. E, com 20 clubes, o que esperar do campeonato "mais equilibrado do mundo"?

Pra começar, temos sempre uma gama de clubes que são considerados favoritos ao título. Em 2015, ao meu ver, por ordem alfabética, seis clubes despontam como favoritos: Atlético-MG, Corinthians, Cruzeiro, Internacional, Palmeiras e São Paulo. Resumidamente, em um campeonato com 20 equipes, 30% delas têm altas chances de conquistar o caneco.

Isso sem levar em consideração outras equipes de expressão no cenário nacional que, com reforços pontuais e uma certa sorte, podem encostar no pelotão de frente: Flamengo, Grêmio, Santos, Sport e Vasco - estes sem grandes chances de título, na minha opinião. Só aí, já temos 11 clubes que podem bater de frente e surpreender na competição.

Por outro lado, Atlético-PR, Avaí, Chapecoense, Coritiba, Figueirense, Goiás e Joinville são "favoritos" ao descenso. Com folhas de pagamento de menor investimento, alguns deles em crise técnica e financeira, não me surpreenderia se o Z-4 for formado por quatro destes clubes lá em dezembro.

Restaram, então, duas equipes que não devem brigar por nada na competição: Fluminense e Ponte Preta. Por quê? Acredito que os dois clubes não correm risco de queda e também não podem ir longe na parte de cima. Eventualmente, podem lutar por alguma coisa, mas no fim do campeonato, devem terminar na parte intermediária da tabela, entre a 8ª e a 14ª colocação.

Claro que isso são só projeções e que pode haver uma reviravolta enorme até dezembro, principalmente com a janela de transferências do meio do ano. Alguns clubes podem perder seus melhores jogadores, outros podem contratar aquele salvador e mudar o panorama de tudo. Hoje, o cenário é este: seis favoritos ao título, onze para as quatro (ou até seis, dependendo da Copa do Brasil e da Libertadores) vagas no G-4 e sete brigando para não cair. Arrisca algum palpite?

Série B

Não precisaria de grandes adivinhações para dizer quem é o melhor time do torneio. Bahia e Botafogo são os grandes favoritos ao título e, ao que tudo indica, devem retornar à Série A em 2016. América-MG, Boa Esporte, Ceará, Mogi Mirim e Santa Cruz devem ser as outras equipes que vão compor o G-4.


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e pós-graduado em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora. Apaixonado por futebol, repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.