Lucas Soares Lucas Soares 30/11/2015

A Sibéria é logo ali

O Vasco da Gama fez sua parte e venceu o Santos por 1 a 0 no último domingo, 29 de novembro. Com o placar positivo, o Gigante da Colina manteve vivas as chances de permanência na primeira divisão. No entanto, a rodada não ajudou o cruz-maltino, os rivais diretos na luta contra a Série B venceram e o rebaixamento é uma questão de tempo.

Isso porque, além de derrotar o Coritiba, fora de casa, na última rodada, o Vasco tem que contar com vitórias de Corinthians e Fluminense. Até acredito que o Timão vença o Avaí em Itaquera, mas o Flu não deve se esforçar nem um pouco para derrotar o Figueirense em Santa Catarina. A rixa entre os dois clubes cariocas, acirrada ao longo da temporada, pode pesar. Nas redes sociais, torcedores tricolores criaram a campanha #EntregaFluminense, deixando bem claro que não é hora de vencer para ajudar um rival. Segundo o matemático Tristão Garcia, as chances de rebaixamento do Vasco são de incríveis 88%.

Se o Vasco realmente cair, a culpa será exclusivamente de seu presidente Eurico Miranda, e da sua arrogância ao longo do ano. A montagem do elenco, com vários atletas com mais de 30 anos, ficou evidente que foi errada na reta final do Brasileirão. Com a queda física no segundo tempo dos jogos, o Vasco sofreu gols decisivos no fim das partidas, que custaram pontos importantes e que estão fazendo falta à equipe neste momento.

Além disso, se o Fluminense realmente "entregar", até nisso o mandatário cruz-maltino terá sua culpa. Eurico zombou do Flu durante o estadual e na briga pelo lado das torcidas. Se o presidente tricolor resolver dar férias aos seus principais jogadores e colocar um time de juniores em campo, quem poderá culpá-lo? Ele é o responsável pelo Tricolor e sua própria torcida apoiaria tal atitude.


Por outro lado, abertamente, se fala em seriedade no Fluminense. Não poderia ser diferente, afinal, não seria profissional chegar na imprensa e dizer que vai perder. Mas teremos um panorama diferente. O Flu já atuou sem cinco titulares no empate contra o Internacional e a tendência é aumentar esse número para a última rodada. Fred já está de férias, Osvaldo suspenso, Gum gripado. Qual Fluminense vai pro jogo?

Diante de tudo isso, meu palpite para o Z-4 é Avaí, Vasco, Goiás e Joinville. Ao Eurico, se confirmado o rebaixamento do Vasco, a Sibéria é logo ali, do outro lado do mundo. Com a tecnologia atual, deve ser possível comandar um clube à distância.


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e pós-graduado em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora. Apaixonado por futebol e repórter no portal Acessa.com. Já atuou em veículos impressos da cidade, como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal e foi editor-chefe do blog Flamengo em Foco por dois anos e sete meses.

-
Lucas Soares Lucas Soares 30/11/2015

A Sibéria é logo ali

O Vasco da Gama fez sua parte e venceu o Santos por 1 a 0 no último domingo, 29 de novembro. Com o placar positivo, o Gigante da Colina manteve vivas as chances de permanência na primeira divisão. No entanto, a rodada não ajudou o cruz-maltino, os rivais diretos na luta contra a Série B venceram e o rebaixamento é uma questão de tempo.

Isso porque, além de derrotar o Coritiba, fora de casa, na última rodada, o Vasco tem que contar com vitórias de Corinthians e Fluminense. Até acredito que o Timão vença o Avaí em Itaquera, mas o Flu não deve se esforçar nem um pouco para derrotar o Figueirense em Santa Catarina. A rixa entre os dois clubes cariocas, acirrada ao longo da temporada, pode pesar. Nas redes sociais, torcedores tricolores criaram a campanha #EntregaFluminense, deixando bem claro que não é hora de vencer para ajudar um rival. Segundo o matemático Tristão Garcia, as chances de rebaixamento do Vasco são de incríveis 88%.

Se o Vasco realmente cair, a culpa será exclusivamente de seu presidente Eurico Miranda, e da sua arrogância ao longo do ano. A montagem do elenco, com vários atletas com mais de 30 anos, ficou evidente que foi errada na reta final do Brasileirão. Com a queda física no segundo tempo dos jogos, o Vasco sofreu gols decisivos no fim das partidas, que custaram pontos importantes e que estão fazendo falta à equipe neste momento.

Além disso, se o Fluminense realmente "entregar", até nisso o mandatário cruz-maltino terá sua culpa. Eurico zombou do Flu durante o estadual e na briga pelo lado das torcidas. Se o presidente tricolor resolver dar férias aos seus principais jogadores e colocar um time de juniores em campo, quem poderá culpá-lo? Ele é o responsável pelo Tricolor e sua própria torcida apoiaria tal atitude.


Por outro lado, abertamente, se fala em seriedade no Fluminense. Não poderia ser diferente, afinal, não seria profissional chegar na imprensa e dizer que vai perder. Mas teremos um panorama diferente. O Flu já atuou sem cinco titulares no empate contra o Internacional e a tendência é aumentar esse número para a última rodada. Fred já está de férias, Osvaldo suspenso, Gum gripado. Qual Fluminense vai pro jogo?

Diante de tudo isso, meu palpite para o Z-4 é Avaí, Vasco, Goiás e Joinville. Ao Eurico, se confirmado o rebaixamento do Vasco, a Sibéria é logo ali, do outro lado do mundo. Com a tecnologia atual, deve ser possível comandar um clube à distância.


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e pós-graduado em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora. Apaixonado por futebol e repórter no portal Acessa.com. Já atuou em veículos impressos da cidade, como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal e foi editor-chefe do blog Flamengo em Foco por dois anos e sete meses.

Lucas Soares Lucas Soares 30/11/2015

A Sibéria é logo ali

O Vasco da Gama fez sua parte e venceu o Santos por 1 a 0 no último domingo, 29 de novembro. Com o placar positivo, o Gigante da Colina manteve vivas as chances de permanência na primeira divisão. No entanto, a rodada não ajudou o cruz-maltino, os rivais diretos na luta contra a Série B venceram e o rebaixamento é uma questão de tempo.

Isso porque, além de derrotar o Coritiba, fora de casa, na última rodada, o Vasco tem que contar com vitórias de Corinthians e Fluminense. Até acredito que o Timão vença o Avaí em Itaquera, mas o Flu não deve se esforçar nem um pouco para derrotar o Figueirense em Santa Catarina. A rixa entre os dois clubes cariocas, acirrada ao longo da temporada, pode pesar. Nas redes sociais, torcedores tricolores criaram a campanha #EntregaFluminense, deixando bem claro que não é hora de vencer para ajudar um rival. Segundo o matemático Tristão Garcia, as chances de rebaixamento do Vasco são de incríveis 88%.

Se o Vasco realmente cair, a culpa será exclusivamente de seu presidente Eurico Miranda, e da sua arrogância ao longo do ano. A montagem do elenco, com vários atletas com mais de 30 anos, ficou evidente que foi errada na reta final do Brasileirão. Com a queda física no segundo tempo dos jogos, o Vasco sofreu gols decisivos no fim das partidas, que custaram pontos importantes e que estão fazendo falta à equipe neste momento.

Além disso, se o Fluminense realmente "entregar", até nisso o mandatário cruz-maltino terá sua culpa. Eurico zombou do Flu durante o estadual e na briga pelo lado das torcidas. Se o presidente tricolor resolver dar férias aos seus principais jogadores e colocar um time de juniores em campo, quem poderá culpá-lo? Ele é o responsável pelo Tricolor e sua própria torcida apoiaria tal atitude.


Por outro lado, abertamente, se fala em seriedade no Fluminense. Não poderia ser diferente, afinal, não seria profissional chegar na imprensa e dizer que vai perder. Mas teremos um panorama diferente. O Flu já atuou sem cinco titulares no empate contra o Internacional e a tendência é aumentar esse número para a última rodada. Fred já está de férias, Osvaldo suspenso, Gum gripado. Qual Fluminense vai pro jogo?

Diante de tudo isso, meu palpite para o Z-4 é Avaí, Vasco, Goiás e Joinville. Ao Eurico, se confirmado o rebaixamento do Vasco, a Sibéria é logo ali, do outro lado do mundo. Com a tecnologia atual, deve ser possível comandar um clube à distância.


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e pós-graduado em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora. Apaixonado por futebol e repórter no portal Acessa.com. Já atuou em veículos impressos da cidade, como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal e foi editor-chefe do blog Flamengo em Foco por dois anos e sete meses.