• Assinantes
  • Autenticação
  • Esporte
    Segunda-feira, 22 de março de 2010, atualizada às 17h20

    Futebol de cinco vai representar a cidade, pela primeira vez, em um campeonato oficial

    Aline Furtado
    Repórter

    O time de futebol de cinco, formado por atletas cegos, vai representar Juiz de Fora em uma competição oficial, pela primeira vez, desde que foi criado, em 2007. O Regional Sudeste de Futebol de Cinco, promovido pelo Comitê Paraolímpico Brasileiro (CPB), será realizado entre os dias 28 de abril e 2 de maio, na cidade fluminense de Niterói.

    Para o professor de educação física e treinador dos atletas, Léo Lima, a expectativa de toda a equipe é grande. "Até então participamos somente de amistosos. Esta competição pode nos classificar para a segunda divisão da Copa Brasil, que ocorre em outubro no Rio de Janeiro."

    Segundo Lima, será uma oportunidade da equipe verificar como está o nível do time em relação a equipes tradicionais de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo. "O Regional será uma espécie de referência para nós." Para o treinador, o esporte, de modo geral, tem grande importância porque é uma forma de estímulo e inclusão social. "Percebemos que os deficientes visuais que praticam atividades físicas adquirem autonomia em seu dia a dia, além de se sentirem motivados. Queremos aumentar o número de participantes da equipe. Começamos com cinco, agora já temos dez."

    O time é formado por jogadores com idades que variam de 17 a 35 anos e, para o treinador, um dos problemas é a falta de incentivo para o futebol de cinco de base. "Poucos praticam desde cedo, o que dificulta o aprimoramento e até mesma a preparação. Mas estamos tentando mudar este quadro."

    As regras do futebol de cinco são parecidas com as regras do futebol de salão. Dos cinco jogadores de cada lado da quadra, todos são cegos, com exceção do goleiro. Além disso, a diferença é que a bola possui um guizo, que produz barulho e permite a localização da mesma. Os espaços laterais são substituídos por uma pequena parede, que impede a bola de continuar rolando. Há ainda a presença dos chamadores, que ficam atrás dos gols orientando os jogadores com relação aos chutes. Os treinos do time ocorrem três vezes por semana.

    O futebol de cinco faz parte do Projeto Visão no Esporte, fruto de uma parceria entre a Associação dos Cegos de Juiz de Fora e a Secretaria de Esporte e Lazer (SEL), que oferece ainda modalidades como atletismo, golbol, natação e hidroginástica.

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.