• Assinantes
  • Autenticação
  • Esporte
    Quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012, atualizada às 13h32

    Moacir Júnior é apresentado no Tupi e promete reforços para o clube

    Victor Machado
    *Colaboração
    Apresentação de Moacyr Junior

    O Tupi apresentou o seu novo treinador na manhã desta quarta-feira, 8 de fevereiro, em Santa Terezinha. Moacir Júnior estava no Americano de Campos e chegou ao Carijó na última terça-feira, 7. Ainda não foi definido se o técnico assumirá o comando do time no jogo contra o Cruzeiro, no domingo, 12, em Sete Lagoas. Moacir pretende trazer reforços para o elenco.

    Segundo o vice-presidente de futebol do Tupi, José Roberto Maranhas, o histórico e a relação de Moacir com o clube foram fundamentais para a decisão de contratá-lo. "Em uma situação como essa, procuramos pessoas que conheçam o clube e que o clube o conheça, e é o caso dele [Moacir]. Fez um ótimo trabalho quando esteve aqui, foi vice-campeão da Taça Minas Gerais em 2007 e deixou o Tupi na liderança do Mineiro em 2008. A volta dele era uma vontade geral do clube, que já havia tentado em outros momentos."

    O presidente do Tupi, Áureo Fortuna, afirma que a diretoria dará todo o respaldo e autonomia para que Moacir trabalhe no futebol. E garantiu que o projeto é manter o treinador para a Série C deste ano. Já o técnico destaca a identidade com o clube para definir a sua volta e foca no trabalho para melhorar a campanha do Tupi no Campeonato Mineiro. "Existe uma identidade muito grande e eu sabia que esse retorno ia acontecer algum dia. Agora, é preciso arregaçar as mangas e trabalhar para tirar o Tupi dessa situação, que já é difícil, mas pode ser revertida. Quem pode mudar isso, somos nós e é preciso uma mudança de postura."

    Moacir assistiu à gravação das duas primeiras partidas do Tupi no torneio assim que chegou a Juiz de Fora. De acordo com ele, o diagnóstico da equipe permanece sendo feito e isso pode gerar a vinda de reforços. "Pelo menos três novos jogadores chegarão. Quando vai acontecer, eu ainda não sei. A diretoria é muito responsável e não fará nada sem analisar primeiro. Mas, reforços virão e, pelo menos, um para cada setor."

    A decisão sobre se o treinador ficará ou não no banco de reservas contra o Cruzeiro será tomada até sexta-feira, 10 de fevereiro. "Ainda temos alguns encaixes para fazer. Pode ser que o Felipe Suriane (auxiliar técnico) tenha mais conhecimento da equipe por já estar aqui. Vamos decidir, às vezes eu acho que preciso analisar mais o time. Se não for contra o Cruzeiro, irei estrear no Mário Helênio, onde eu nunca perdi um jogo na minha carreira." 

    O treinador acredita que é possível vencer o Cruzeiro e destaca que a inteligência para jogar será a principal arma. Para ele, os jogadores devem saber variar a marcação e aproveitar os melhores momentos para atacar. "Não podemos ficar só marcando." O goleiro Rodrigo, que se recupera de uma torção no tornozelo, começa a treinar hoje e será liberado pelo departamento médico. "Clinicamente estou recuperado e quero muito voltar a jogar. Vou treinar e ver o que acontece", afirma o jogador.

    Mudanças na Série C

    A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou mudanças na Série C, na última terça-feira, 7 de fevereiro. A principal delas será o sistema de disputa, que passa de quatro grupos de cinco equipes (como foi em 2011), para dois grupos de 10, o que permitirá aos 20 clubes envolvidos, estar em atividade durante todo o ano.

    A competição passará a ter 18 rodadas na primeira fase. Os quatro melhores colocados de cada grupo se classificarão para a fase mata-mata. Daí em diante, cruzam-se para fazer as quartas de final, semifinal e a decisão. A Série C ainda passará a ter um calendário alinhado com os das Séries A e B e os clubes passarão a receber aporte financeiro da CBF, para investir e planejar a montagem dos elencos. Na prática, a entidade vai pagar o deslocamento das equipes para até 25 pessoas na delegação, transporte, estada, alimentação, além de todas as despesas relativas à arbitragem.

    As mudanças agradaram o treinador do Tupi. "Dessa forma, o campeonato traz mais visibilidade e mais apoio. É sempre melhor para os clubes." A competição está marcada para começar no dia 27 de maio e o término, que seria no início de outubro, será em meados de novembro.

    *Victor Machado é estudante do 8º período de Comunicação Social da Faculdade Estácio de Sá

    Os textos são revisados por Mariana Benicá

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.