• Assinantes
  • Esporte
    Sexta-feira, 30 de março de 2012, atualizada às 17h15

    Juiz de Fora sedia campeonato de bocha adaptada até sábado

    Da Redação
    Bocha adaptada

    Juiz de Fora sedia, até este sábado, 31 de março, o Campeonato de Bocha Adaptada 2012 (Região Leste). A competição está sendo realizada no ginásio do Sesc Pousada, no bairro Nova Califórnia, e é voltada para portadores de paralisia cerebral severa, de deficiências degenerativas com comprometimento nos membros e tetraplégicos.

    Participam do torneiro cerca de 30 competidores, sendo três de Juiz de Fora e os demais dos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. Taiza Gabriel da Cosa, 20 anos, Walter Gama, 47 anos, e Gonçalves Domingos, 52 anos, são os representantes da cidade.

    Durante as partidas, os atletas lançam bolas azuis ou vermelhas com a intenção de que elas se aproximem da bola-alvo, de cor branca. A quadra utilizada deve ser lisa e plana, medindo 6 metros de largura por 12,5 metros de comprimento. É permitido o uso das mãos, dos pés ou de instrumentos que auxiliam atletas quando há grande comprometimento nos membros superiores e inferiores.

    De acordo com a professora e técnica da equipe de Juiz de Fora, Yvone Berg, a bocha adaptada é um jogo de estratégia que possui características capazes de integrar pessoas com diferentes tipos deficiência. "O esporte, além de integrar o deficiente na sociedade, proporciona visíveis mudanças tanto na saúde física, quanto mental, independente do grau de deficiência que ele tenha", explica, em matéria publicada no site da Prefeitura.

    A equipe de Juiz de Fora conta com oito atletas com idades variando entre 21 e 55 anos. Os treinamentos são realizados às segundas e quartas, das 13h30 às 16h, na sede social do Tupi.

    Os textos são revisados por Mariana Benicá

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.