• Assinantes
  • Esporte
    Quinta-feira, 17 de outubro de 2013, atualizada às 09h23

    Vôlei UFJF vence o Olympico e garante lugar na semifinal do Mineiro

    Eduardo Maia
    Repórter
    Volei UFJF

    Após quase um mês sem jogar em casa, a equipe de vôlei masculino da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) venceu o Olympico/Mart Minas por 3 sets a 0 (parciais de 21×17, 21×14 e 21×14) em partida válida pelo Campeonato Mineiro. Com o resultado a equipe fica em quarto lugar e garante a classificação para a semifinal do torneio, esperando a definição do adversário (pode ser o Vivo/Minas ou Sada/Cruzeiro).

    De acordo com o técnico Carlos Augusto "Chiquita", foi um jogo excelente. "Fizemos tudo o que a gente tinha conversado em reunião, o passe, ataque e contra-ataque. Era um jogo perigoso, tínhamos poucos dados do time da Olympico, mas foi muito bom começar pressionando a equipe. A gente ditou o ritmo da partida e não deixamos o adversário jogar. O time manteve a pressão do jogo", relata o treinador.

    Chiquita considera que o fato de ter jogado em casa, com o apoio da torcida, contribuiu para o bom desempenho da equipe. "A gente chegou de viagem, restabeleceu o contato com a torcida, isso tudo é importante", diz.

    O técnico também avalia que o time está em um "nível superior" e "bem consistente", com a desenvoltura dos atletas que passaram a integrar a equipe nesta temporada. "Sinto que essas pessoas vieram pra ajudar ao time. O RefFatti, o Jardel e o De Paula, por exemplo, são jogadores importantíssimos, que a gente não tinha na temporada passada. Estão dando um potencial muito grande para a equipe para definir o set,  pela estabilidade que eles tem.  O Japa também tem evoluído bastante. Nosso levantador Danilo está jogando mais, já está mais entrosado com o pessoal, mais experiente. Foi perfeito nas ações de levantamento ontem, jogou muito bem", analisa.

    O jogo

    A partida começou equilibrada, mas logo a UFJF abriu vantagem e chegou ao primeiro tempo técnico vencendo por 7 a 4. Na volta, a diferença aumentou para cinco pontos (9×4), o que fez com que o técnico Leandro Duque parasse o jogo. Após uma bola de cheque de Victor Hugo, os juiz-foranos fecharam a segunda parada técnica em 14 a 8. O time do Olympico reagiu e diminuiu a diferença para três pontos (18×15). Foi a vez do técnico Chiquita pedir tempo. Surtiu efeito. Os donos da casa venceram o primeiro set por 21 a 17.

    A UFJF começou o segundo set muito bem e logo abriu 4 a 1 no placar. O técnico do Olympico, Leandro Duque, não quis esperar pela primeira parada técnica e parou o jogo. Não adiantou. O time de Juiz de Fora manteve a vantagem e chegou ao primeiro tempo técnico vencendo por 7 a 2. A diferença no placar aumentou para oito pontos (11×3), fazendo com que Duque parasse o jogo mais uma vez. Ao final do segundo tempo técnico a UFJF vencia por 14 a 6 e fechou o segundo set com sete pontos de vantagem (21×14).

    O quarto set começou da mesma forma que o anterior. O time de Juiz de Fora não deu chances ao Olympico e logo abriu 4 a 1 no placar. Mais uma vez, o técnico Leandro Duque não quis esperar o tempo técnico e parou o jogo. O time melhorou, mas a UFJF se manteve na frente. Ao final da primeira parada técnica os donos da casa venciam por 7 a 3. A vantagem aumentou para sete pontos após um belo bloqueio do central Victor Hugo, fechando o segundo tempo técnico em 14 a 7. A diferença se manteve até o final do jogo. O ponteiro Japa explorou o bloqueio e fechou o terceiro set em 21 a 14.

    Superliga

    O técnico Chiquita aguarda os próximos jogos que integram a Superliga e exigirão disposição e preparo da equipe juizforana. "Nos temos uma sequência bem difícil. Começaremos com o RJX, no dia 22. Temos condições de fazer um jogo bom na casa deles, a gente espera e trabalha pra que a gente consiga fazer um jogo no mesmo nível do de ontem."

    A equipe ainda enfrenta o Montes Claros, no próximo dia 26, o Vivo Minas no dia 30 e o Taubaté no dia 2 de novembro pela competição nacional. "São confrontos diretos e partidas importantes. Estamos retomando a Superliga, e é importantíssimo que, nessa retomada, a gente tenha o volume do jogo que a gente teve ontem, mantendo a consistência da equipe nos saques, ataques e nas rodadas de bola", acredita.

    Com informações da Assessoria de Comunicação do Vôlei UFJF

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.