Matheus Brum Matheus Brum 11/01/2016

Tá de "brincation" with me, Bandeira?

flamengoComo é chata essa época sem futebol. Pelamor de Deus! Ficar falando de especulações e contratações até é legal, mas uma hora cansa. Assistir a Copinha até dá pra matar um pouco da saudade, porém, não é a mesma coisa. Enfim, esses são apenas alguns pensamentos que me acometem em todo início de temporada no futebol brasileiro. Só que, na última semana, nenhuma contração ou especulação foi tão "chocante" quanto a nota oficial do Flamengo falando que voltou atrás da sua decisão e vai jogar o Campeonato Carioca com o time principal.

Tudo bem, eu sei que foi uma determinação da Globo, mas pera: esse contrato não era para ter sido olhado desde o início? Se era do conhecimento de todos que havia uma possibilidade legal da TV Globo pressionar o clube a levar a sério o campeonato, por que toda a diretoria vendeu, ao longo de 2015, a ideia de que iria boicotar a competição? Por que não consultou a detentora dos direitos para saber seu posicionamento? Agora, o rubro-negro vira chacota. Sabe por quê? Porque foi o primeiro clube a romper com federação no futebol brasileiro. Liderou um movimento vanguardista. Seu presidente foi até Brasília articular a MP do Futebol com o Poder Público. Porém, tudo isso é jogado fora, quando as vésperas do Estadual, Eduardo Bandeira de Mello admite o que todos sabemos: a Globo manda no futebol!

A sensação que eu tenho é a de que o Flamengo hoje é uma "mulher de malandro". Uma hora cansa de apanhar, conta pras amigas, vai registrar a queixa na delegacia, pede divórcio e saí de casa. Contudo, quando está na frente do ex-marido, diante do juiz que vai sentenciar do futuro dos dois, ela lembra que deixou tudo de lado para viver com ele. Se recorda que não tem dinheiro, qualificação, e que há poucas pessoas ao seu redor para te defender. Diante desse medo do futuro, abre mão e volta correndo para os braços de "seu amor". O final, todos já sabemos....

Sem contar que a Primeira Liga, se vendeu para a mesma Globo, que sempre criticou, por um valor irrisório, quase uma merreca, indo de encontro com todo o discurso feito ao longo dos vários meses em que resolveram bater de frente com a CBF para mostrar sua indignação com o que era feito com o futebol brasileiro.

Tudo isso faz parte de um grande "circo mambembe" de início de ano. O clube mais popular do Brasil, hoje, é motivo de chacota, com todas as razões. Como diria o folclórico Joel Santana: "Tá de brincation with me, cara?"


Matheus Brum nascido e criado em Juiz de Fora, jornalista em formação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, e desde criança, apaixonado pelo Flamengo e por esportes. Atualmente é escritor do blog "Entre Ternos e Chuteiras", estagiário da Rádio CBN Juiz de Fora e editor e apresentador do programa Mosaico é nascido e criado em Juiz de Fora.

-
Matheus Brum Matheus Brum 11/01/2016

Tá de "brincation" with me, Bandeira?

flamengoComo é chata essa época sem futebol. Pelamor de Deus! Ficar falando de especulações e contratações até é legal, mas uma hora cansa. Assistir a Copinha até dá pra matar um pouco da saudade, porém, não é a mesma coisa. Enfim, esses são apenas alguns pensamentos que me acometem em todo início de temporada no futebol brasileiro. Só que, na última semana, nenhuma contração ou especulação foi tão "chocante" quanto a nota oficial do Flamengo falando que voltou atrás da sua decisão e vai jogar o Campeonato Carioca com o time principal.

Tudo bem, eu sei que foi uma determinação da Globo, mas pera: esse contrato não era para ter sido olhado desde o início? Se era do conhecimento de todos que havia uma possibilidade legal da TV Globo pressionar o clube a levar a sério o campeonato, por que toda a diretoria vendeu, ao longo de 2015, a ideia de que iria boicotar a competição? Por que não consultou a detentora dos direitos para saber seu posicionamento? Agora, o rubro-negro vira chacota. Sabe por quê? Porque foi o primeiro clube a romper com federação no futebol brasileiro. Liderou um movimento vanguardista. Seu presidente foi até Brasília articular a MP do Futebol com o Poder Público. Porém, tudo isso é jogado fora, quando as vésperas do Estadual, Eduardo Bandeira de Mello admite o que todos sabemos: a Globo manda no futebol!

A sensação que eu tenho é a de que o Flamengo hoje é uma "mulher de malandro". Uma hora cansa de apanhar, conta pras amigas, vai registrar a queixa na delegacia, pede divórcio e saí de casa. Contudo, quando está na frente do ex-marido, diante do juiz que vai sentenciar do futuro dos dois, ela lembra que deixou tudo de lado para viver com ele. Se recorda que não tem dinheiro, qualificação, e que há poucas pessoas ao seu redor para te defender. Diante desse medo do futuro, abre mão e volta correndo para os braços de "seu amor". O final, todos já sabemos....

Sem contar que a Primeira Liga, se vendeu para a mesma Globo, que sempre criticou, por um valor irrisório, quase uma merreca, indo de encontro com todo o discurso feito ao longo dos vários meses em que resolveram bater de frente com a CBF para mostrar sua indignação com o que era feito com o futebol brasileiro.

Tudo isso faz parte de um grande "circo mambembe" de início de ano. O clube mais popular do Brasil, hoje, é motivo de chacota, com todas as razões. Como diria o folclórico Joel Santana: "Tá de brincation with me, cara?"


Matheus Brum nascido e criado em Juiz de Fora, jornalista em formação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, e desde criança, apaixonado pelo Flamengo e por esportes. Atualmente é escritor do blog "Entre Ternos e Chuteiras", estagiário da Rádio CBN Juiz de Fora e editor e apresentador do programa Mosaico é nascido e criado em Juiz de Fora.

Matheus Brum Matheus Brum 11/01/2016

Tá de "brincation" with me, Bandeira?

flamengoComo é chata essa época sem futebol. Pelamor de Deus! Ficar falando de especulações e contratações até é legal, mas uma hora cansa. Assistir a Copinha até dá pra matar um pouco da saudade, porém, não é a mesma coisa. Enfim, esses são apenas alguns pensamentos que me acometem em todo início de temporada no futebol brasileiro. Só que, na última semana, nenhuma contração ou especulação foi tão "chocante" quanto a nota oficial do Flamengo falando que voltou atrás da sua decisão e vai jogar o Campeonato Carioca com o time principal.

Tudo bem, eu sei que foi uma determinação da Globo, mas pera: esse contrato não era para ter sido olhado desde o início? Se era do conhecimento de todos que havia uma possibilidade legal da TV Globo pressionar o clube a levar a sério o campeonato, por que toda a diretoria vendeu, ao longo de 2015, a ideia de que iria boicotar a competição? Por que não consultou a detentora dos direitos para saber seu posicionamento? Agora, o rubro-negro vira chacota. Sabe por quê? Porque foi o primeiro clube a romper com federação no futebol brasileiro. Liderou um movimento vanguardista. Seu presidente foi até Brasília articular a MP do Futebol com o Poder Público. Porém, tudo isso é jogado fora, quando as vésperas do Estadual, Eduardo Bandeira de Mello admite o que todos sabemos: a Globo manda no futebol!

A sensação que eu tenho é a de que o Flamengo hoje é uma "mulher de malandro". Uma hora cansa de apanhar, conta pras amigas, vai registrar a queixa na delegacia, pede divórcio e saí de casa. Contudo, quando está na frente do ex-marido, diante do juiz que vai sentenciar do futuro dos dois, ela lembra que deixou tudo de lado para viver com ele. Se recorda que não tem dinheiro, qualificação, e que há poucas pessoas ao seu redor para te defender. Diante desse medo do futuro, abre mão e volta correndo para os braços de "seu amor". O final, todos já sabemos....

Sem contar que a Primeira Liga, se vendeu para a mesma Globo, que sempre criticou, por um valor irrisório, quase uma merreca, indo de encontro com todo o discurso feito ao longo dos vários meses em que resolveram bater de frente com a CBF para mostrar sua indignação com o que era feito com o futebol brasileiro.

Tudo isso faz parte de um grande "circo mambembe" de início de ano. O clube mais popular do Brasil, hoje, é motivo de chacota, com todas as razões. Como diria o folclórico Joel Santana: "Tá de brincation with me, cara?"


Matheus Brum nascido e criado em Juiz de Fora, jornalista em formação pela Universidade Federal de Juiz de Fora, e desde criança, apaixonado pelo Flamengo e por esportes. Atualmente é escritor do blog "Entre Ternos e Chuteiras", estagiário da Rádio CBN Juiz de Fora e editor e apresentador do programa Mosaico é nascido e criado em Juiz de Fora.