Conheça as opções de museus em Juiz de Fora

Além de exposições artísticas, a cidade também possui lugares que contam a história local e de todo o país

Andréa Moreira
Repórter
23/1/2013

Janeiro é mês das férias, sinônimo de brincadeiras e diversão. Porém, não é porque as crianças estão fora da sala de aula, que elas não podem adquirir cultura. Uma boa opção que alia conhecimento e diversão são os museus. Por isso, o Portal ACESSA.com selecionou alguns locais de Juiz de Fora que contam a história, não só da cidade, mas de todo o país. Confira.

  • Museu Ferroviário

Museu FerroviárioO Museu Ferroviário de Juiz de Fora, instalado na sede da antiga Estrada de Ferro Leopoldina, foi inaugurado em agosto de 2003. Coordenado pela Prefeitura de Juiz de Fora, através da Funalfa e pela Rede Ferroviária Federal S.A., o local possui cinco salas de exposição, cada uma com um tema específico. O imóvel, tombado pelo município, abriga um acervo com 411 peças como sinos, sinalizadores, placas de identificação, mobiliário de vagões de passageiros e de guichês de venda de bilhetes, miniaturas de trens, ferramentas, sistemas de comunicação, fotografias e livros técnicos.

Onde fica: avenida Brasil 2001, Centro

Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, de 9h às 17h

Mais informações: (32) 3690-7055

  • Museu do Crédito Real

Museu do Crédito RealO Museu do Crédito Real foi fundado em 1964 e conta a história monetária do país desde o Brasil Colônia, inclusive do Banco de Crédito Real, cuja a sede nacional era em Juiz de Fora. O acervo inclui cédulas e moedas desde o período colonial até a atualidade. Há também moedas e notas do exterior, 10 mil fotografias, mais de 100 filmes, 82 mil documentos como balancetes, contas-correntes, empréstimos, notas promissórias, registros de depósitos, transferências e cheques.

Onde fica: avenida Getúlio Vargas 455, 1º andar, Centro

Visitação: de segunda a sexta, das 9h às 17h

Mais informações: (32) 3211-0770

  • Museu de Cultura Popular

Forum da Cultura/Museu de Cultura PopularCriado em 1965 por Wilson de Lima Bastos, o Museu de Cultura Popular funciona no Fórum da Cultura e possui um acervo com mais de duas mil peças sobre folclore e artesanato. Durante todo o ano, a programação segue a inspiração dos meses e as manifestações de cultura popular celebradas tipicamente. Por isso, para celebrar o Carnaval, até o dia 17 de fevereiro está em cartaz a exposição Mascarada, reunindo 50 peças em papel marche, epóxi e louça.

Onde fica: rua Santo Antônio 1112, Centro

Visitação: de segunda a sexta, das 14h às 18h

Mais informações: (32) 3215-3850

  • Museu de Arte Moderna Murilo Mendes

Museu de Arte Moderna Murilo MendesO museu possui 300 obras assinadas por artistas como Picasso, Hans Richter, Joan Miró, Portinari, Alberto Magnelli e Ismael Nery. O espaço tem laboratórios de conservação e restauração de obras de arte, três galerias destinadas à exposição e biblioteca com mais de oito mil livros, todos pertencentes ao acervo pessoal de Murilo Mendes. O museu atualmente está com três exposições. A primeira intitulada Povos Indígenas em Quadrinho, de Sérgio Macedo. Na Sala Poliedro está em exibição a exposição Gravura Contemporânea, do empresário Raymundo Ottoni de Castro Maya. Além da Pinturas na Coleção Murilo Mendes, do acervo pessoal.

Onde fica: rua Benjamin Constant 790, Centro

Visitação: de terça a sexta-feira, das 10h às 18h. Sábados e domingos, das 13h às 18h

Mais informações: (32) 3229-9070

  • Museu Mariano Procópio

Museu Mariano ProcópioO Museu Mariano Procópio está recebendo inscrições para o projeto de educação ambiental Clube Ecológico, direcionado para crianças com idade entre seis e 12 anos. Os pais ou responsáveis podem efetuar o cadastro para o clube, que é totalmente gratuito, na sede administrativa do museu, localizada na rua Dom Pedro II 350, Mariano Procópio. O atendimento é feito das 8h às 12h e das 14h às 18h. É preciso levar uma foto 3x4 da criança, certidão de nascimento ou documento de identidade e comprovante de residência. Quem já é integrante do clube não precisa se inscrever novamente. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (32) 3690-2200. As atividades são promovidas uma vez por mês, geralmente aos sábados. A primeira edição do ano está prevista para ser realizada em 23 de fevereiro. Durante os encontros, são discutidos temas atuais em relação à preservação da natureza e promovidas diversas atividades lúdicas, inclusive com o reaproveitamento de materiais recicláveis para a produção de objetos. A intenção do projeto é despertar nos estudantes o interesse pelo meio ambiente e conscientizar sobre a importância de preservá-lo.

Onde fica: rua Dom Pedro II 350, Mariano Procópio

Visitação ao Parque: de terça a domingo, entre as 8h e 18h

Mais informações: (32) 3690-2200

Os textos são revisados por Juliana França

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.