Quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011, atualizada às 16h31

Comércio responde por 56% do saldo negativo de empregos em JF no mês de janeiro

Aline Furtado
Repórter
Comércio

O comércio de Juiz de Fora foi responsável por 56% da perda de vagas de empregos no mês de janeiro na cidade. De acordo com informações do Estudo de Evolução do Emprego, realizado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho (MTE), e divulgado nesta quinta-feira, 24 de fevereiro, o saldo total entre admitidos e demitidos foi negativo, com -736 postos. O comércio foi responsável pelo saldo de -415 vagas deste total.

Os dados revelam que a cidade teve um total de 5.092 postos de empregos formais criados, além de 5.828 demissões. No caso do comércio, foram 1.375 admitidos contra 1.790 demitidos. No mês de dezembro, o setor apresentou saldo de 386, com 2.092 admissões e 1.706 demissões.

Para o presidente do Sindicato do Comércio (Sindicomércio) de Juiz de Fora, Emerson Beloti, os números não são motivo de surpresa. "Este é um período do ano que traz reflexos da contratação de temporários, em função das festas de final de ano. Muitos são efetivados, mas quem não conseguiu se adaptar foi desligado, o que eleva o índice de demissões." Para ele, os dados referentes ao comércio como um todo, com menos foco nos postos temporários, serão conhecidos no mês de fevereiro, quando os efeitos desta tendência já estarão reduzidos.

O comércio aparece como o segundo maior empregador em janeiro, atrás apenas de serviços, que abriu, no mês, 2.068 admissões. Contudo, também apresentou maior índice de demissões, com um total de 2.285 postos. Diferentemente do comércio, o setor de serviços já apresentava, em dezembro, saldo negativo de -205 postos, com 1.803 admissões e 2.008 demissões.

Segundo os dados do Caged, os dois únicos setores que apresentaram saldo positivo entre o número de contratações e demissões foram a indústria de transformação e a extrativa mineral. No primeiro caso, foram criados 852 postos, contra 776 demissões. Já na extrativa mineral foram realizados sete admissões e três desligamentos.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.