• Assinantes
  • Autenticação
  • Negócios
    Terça-feira, 20 de dezembro de 2011, atualizada às 13h05

    Segunda parcela do 13º sai nesta terça, injetando cerca de R$ 77,9 mi na economia local

    Aline Furtado
    Repórter
    Dinheiro

    A segunda parcela do 13º salário deverá ser paga pelos empregadores até esta terça-feira, 20 de dezembro. Em Juiz de Fora, o abono representa a injeção de cerca de R$ 77,9 milhões na economia local. O valor prevê o desconto de 8% a 11% referente à dedução do INSS.

    Com relação ao imposto de renda, a retenção é definitiva, ou seja, não é passível de restituição por ocasião da entrega da Declaração de Ajuste Anual, como ocorre com os demais valores retidos durante o ano.

    Todos os trabalhadores do serviço público e da iniciativa privada, urbana ou rural, avulso e doméstico, aposentados e pensionistas do INSS têm direito a receber o abono.

    Aprenda a calcular

    Para calcular o valor que será recebido na segunda parcela do 13º, é preciso considerar a data de admissão. Uma pessoa que tenha sido contratada ou já esteja trabalhando desde o primeiro dia do ano de 2011, terá cálculo equivalente a doze meses. Se o salário desse trabalhador for igual a R$ 1 mil, o cálculo será feito da seguinte forma: 12/12  x R$ 1 mil = R$ 1 mil.

    Desse total, calcula-se os 8% do INSS e reduz-se do valor total: 8% x R$ 1 mil = R$ 80, ou seja, tem-se R$ 920. Caso a primeira parcela do abono tenha sido R$ 500, a segunda será igual a R$ 420 (R$ 500 - 8%). Nesse exemplo, não há redução de percentual relativo ao recolhimento de renda, já que o valor total está dentro do limite de isenção, que é de R$ 1.499,15.

    O cálculo deve ser feito baseado nos meses trabalhados e nos percentuais de dedução de INSS e de imposto de renda. A alíquota de dedução de INSS para rendimentos na faixa até R$ 1.107,52 é de 8%. A alíquota de dedução de INSS para rendimentos entre R$ 1.107,53 e R$ 1.845,87 é de 9% e para rendimentos acima de R$ 1.845,87 é de 11%, sendo que a dedução máxima é de R$ 406,09, ou 11% do teto de cálculo, que é de R$ 3.691,74. No caso da dedução do percentual referente ao imposto de renda, para trabalhadores com ganhos entre R$ 3.130,52 e R$ 3.911,63, o desconto será de 22,5%.

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.