Mais de 90 mil declarações do Imposto de Renda de Pessoa Física são entregues em JF

Multa para quem perdeu o prazo varia de R$ 165,74 a 20% do imposto sobre a renda devida. Estimativa era de receber 92.700 declarações

Jorge Júnior
Repórter
3/5/2012
receita

A Receita Federal de Juiz de Fora recebeu, até a zero hora da última segunda-feira, 30 de abril, 90.258 declarações do Imposto de Renda (IR) de Pessoa Física 2012, ano-base 2011. Segundo o delegado da Receita Federal no município, Marcos Adriano Amorim, o número está dentro da expectativa para a cidade. "Além dessas, outras 3.569 declarações retificadoras também foram entregues dentro do prazo limite, que vencia na segunda-feira, totalizando 93.827 declarações na cidade", diz.

A estimativa inicial da Receita Federal era de receber 92.700 declarações este ano em Juiz de Fora. Com isso, a porcentagem total de pessoas que acertaram as contas com o leão representa 97,36% do esperado para o período.

Ao contrário do ano passado, os contribuintes que perderam o prazo estipulado não terão que instalar o aplicativo gerador da declaração novamente no computador. O programa já está atualizado para o cálculo da multa para quem entregar com atraso. Contudo, segundo a Receita, para quem perdeu o prazo, a forma de entrega em disquetes de computador nas agências bancárias não será mais aceita. Ainda segundo o departamento, só serão aceitas declarações enviadas pela internet ou em mídia removível — pen drive, disquete ou disco rígido externo — nas unidades de atendimento da Receita Federal.

Amorim lembra que a multa para os atrasados varia de R$ 165,74, o valor mínimo, podendo chegar a 20% do imposto sobre a renda devido. "Se o cidadão apenas não enviou a declaração e não tem o imposto devido, ele paga o valor mínimo. Mas, se além do atraso ele tiver imposto a pagar e dependendo do tempo do atraso, o valor aumenta."

Até a próxima quinta-feira, 10 de maio, a Receita pretende concluir o processamento das declarações. Por meio do extrato disponível no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da Receita (e-CAC), é possível verificar erros ou irregularidades na prestação de contas. O próprio sistema apontará as divergências, que deverão ser corrigidas por meio de uma declaração retificadora.

Pelo celular

Os cidadãos que têm direito à restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) podem receber o aviso da liberação do dinheiro por mensagem de texto enviada para o telefone celular, previamente cadastrado. O serviço está disponível para exercícios a partir de 2008. A mensagem será remetida sempre que a restituição for disponibilizada para resgate. O contribuinte poderá cancelar ou alterar o número do celular para o recebimento da mensagem SMS. Para fazer o cadastro, é preciso acessar este site.

O primeiro lote de restituição está previsto para ser liberado no dia 15 de junho, e o último, em 17 de dezembro. Ao todo, são sete lotes regulares. Normalmente, a consulta ao lote é liberada cinco dias antes de o dinheiro chegar à instituição financeira. "As restituições serão liberadas sempre em torno do dia 15 de cada mês." Caso o contribuinte não receba a notificação da restituição por SMS ou não consiga consultar o lote na página da Receita na internet deverá verificar o extrato disponível no e-CAC.

No Brasil

No Brasil, 25.244.122 de contribuintes enviaram a Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física este ano. O número ficou levemente abaixo da estimativa da Receita Federal, que esperava receber 25,4 milhões de formulários. No ano passado, 24,3 milhões de pessoas físicas haviam entregado o documento.

Os textos são revisados por Mariana Benicá

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.