Sexta-feira, 24 de abril de 2015, atualizada às 11h23

Novo golpe está sendo aplicado por telefone, alerta Sindicomércio-JF

Um novo golpe, aplicado por telefone, está sendo feito contra comerciantes locais. Segundo o Sindicato do Comércio de Juiz de Fora (Sindicomércio-JF), uma pessoa faz uma ligação para o estabelecimento comercial, demonstrando total desconhecimento sobre o ramo de atuação da empresa.

Após ser informado, o golpista escolhe um produto e questiona o valor, informando falar de uma fazenda chamada Talismã, localizada em Mato Grosso, já que o DDD utilizado é o 65. A suposta compra é efetuada, mediante as informações de que o pagamento será feito por meio de transferência online e de que a retirada do produto será feita por um colaborador da fazenda que está em Juiz de Fora.

No dia seguinte, pela manhã, outra pessoa liga, afirmando ser do financeiro da fazenda, informando ter se equivocado e efetuado pagamento superior ao que deveria ter sido feito (exemplo: o produto custa R$ 2 mil e foi feito pagamento no valor de R$ 13.700). A informação é que o suposto pagamento teria sido feito por meio de depósito em envelope. Tal forma de pagamento permite a visualização do valor vinculado em conta. Assim, aproveitando-se disso, os golpistas solicitam ao estabelecimento comercial a devolução da diferença. O contato é feito de forma insistente, até que o banco confira o envelope e verifique que não há nada em seu interior.

O golpe já foi verificado por empresários da cidade, que afirmam terem recebido, inclusive, mais de uma ligação com a mesma finalidade. Contudo, por desconfiança por parte dos comerciantes, o golpe foi descoberto sem que tivessem prejuízo.

Com informações da Assessoria de Imprensa.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.