André Salles André Salles 2/09/2014

Eu quero quebrar a rotina em minha empresa

empresaO ponto alto de uma "análise institucional" é, antes de tudo, processo e precisa ser "trabalhado" e não se pode dar muita atenção ao tempo. Como "processo trabalhado" entendemos uma nova maneira de olhar os movimentos que acontecem dentro da organização. Dentro da linha de pensamento onde o querer, o sentir e o fazer devem atuar, significa que é preciso exercer um movimento no sentido de qualificar os indivíduos para que eles possam pensar de uma maneira nova, cada assunto ou acontecimento organizacional. Eles devem ser capazes de "filtrar" e colocar a atenção somente naquilo que é essencial.

No contexto atual utiliza-se muito a técnica motivacional para revitalizar o contexto organizacional. Sabemos de sua utilidade prática e aplicativa no âmbito da organização; porém, sabemos que muitas vezes ela não funciona pelo singelo motivo de que nós estamos colocando muita atenção ao tempo de realização de seu propósito. Não devemos dar muita atenção ao tempo de realização. Certamente nada imediatamente após uma técnica de motivação acontecerá visivelmente. O resultado virá, o contexto melhorará, desde que o "processo trabalhado" envolva uma vontade ousada por parte dos administradores, colocada justamente na base deste processo motivacional. O que desenvolve e cria a realização final é o propósito inicial - o propósito que está na base de pensamento dos administradores. Por isto sugerimos, anteriormente, uma nova maneira de pensar.

Acompanhar os movimentos dentro do âmbito organizacional com vistas a melhorias, já afirmamos anteriormente, não é muito fácil, mas precisa ser iniciado. Todo processo depende do autoconhecimento verdadeiro dos indivíduos que ali trabalham, revela-se assim a importância da base de um Recrutamento e Seleção com vistas humanistas e fenomenológicas onde se pode apurar, "sem analisar" o indivíduo, todas as potencialidades individuais que funcionarão como elementos de suporte para uma "nova vida" na Empresa.

Publicidade

Rudolf Steiner afirmou que "o conhecimento verdadeiro do mundo, o homem só alcança quando procura conhecer seu próprio ser". Assim sendo, podemos dizer que o mesmo acontece nas empresas. O conhecimento verdadeiro dos movimentos empresariais só poderemos alcançar quando melhorarmos a nós mesmos dentro do contexto organizacional. Certo é que nem toda empresa quer chegar a este ponto alto: uma "nova vida": novos desafios, novas tarefas, novos funcionários, nova maneira de pensar, sentir e agir... Muitas vezes querem manter as mesmas ações e trabalhos, sem ousadia, com medo de perder o patrimônio, por exemplo.

Enquanto administradores e funcionários, em conjunto, não admitirem que precisam mergulhar no fluxo do "vir a ser", não admitirem que precisam ter ousadia nas mudanças em si mesmos e que precisam voltar seus olhares para o conhecimento verdadeiro de si mesmos, adotando uma postura de expectativa e trabalho, o sentimento de "é tudo igual - sempre"... "nada muda"... "não em solução"... etc. continuará impedindo o fluxo de vida equilibrado dentro da empresa.


André Salles é Bacharel em Psicologia pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora; Pós-Graduado Latu-Sensu em Psicologia Fenomenológico-Existencial pela PUC-MG; Mestrado em área de Concentração Filosófica pela UFJF; Formação em Docência pelo DETRAN-MG - atuou como Professor e pesquisador em Psicologia Aplicada em Centros de Treinamentos de Condutores na cidade de Juiz de Fora; Foi Educador em disciplinas de Psicologia e Filosofia na Faculdade Sudeste de Minas – FACSUM; Conselheiro Administrativo em Psicologia do Trabalho junto ao Instituto Joaquim Soares de Oliveira, na cidade de Santos Dumont - MG; Detentor de Cargo Público do Governo Federal, onde atua em serviços Técnicos na área Operacional de Gestão de Pessoas, desde o ano de 2001; Psicólogo do Trabalho e Psicólogo Clínico vinculado à Associação Brasileira de Psicólogos Antroposóficos; Curso em Formação Antroposófica e Educação Waldorf – Foundation Courses and Waldorf Certificate Program - pelo Sophia Institute – US.Saiba mais clicando aqui.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.