Consumido com moderação, chocolate não atrapalha a dieta

Tanto diabéticos quanto pessoas que estão tentando entrar em forma têm opções para não ficar só na vontade e conseguir comer chocolate nesta Páscoa

Raphael Placido
Repórter
23/3/2013
Chocolate

Páscoa é época de chocolate. Muito chocolate. De crianças a idosos, é difícil encontrar alguém que não aprecie essa delícia. Mas, para muita gente, seja por doença ou escolha pessoal, esse período do ano acaba sendo um grande teste de resistência. Felizmente, para diabéticos e pessoas que estão em dieta, existem opções para não deixar de comer chocolate.

Para os diabéticos, já existem no mercado muitas variedades de chocolate diet, fabricado sem açúcar. Já para quem optou por entrar em forma, as opções são os chocolates com menor açúcar e gordura, e, principalmente, consumir com moderação.

A moderação, aliás, é aconselhada para todos. Portanto, nada de devorar um ovo inteiro no próximo domingo, 31 de março. A nutricionista Wanessa Aquino explica que, para manter uma dieta saudável, o ideal é comer 30 gramas do produto por dia. Parece pouco, mas, fracionado dessa forma, o consumo de chocolate é saudável e evita os famosos problemas de dor de barriga na segunda-feira após a Páscoa. Além disso, por ser pouco perecível, o produto acaba durando bastante.

Chocolates com menos gordura são mais recomendados

As lojas do ramo estão repletas de variedades de produtos para quem não quer ou não pode comer determinados ingredientes. Hoje em dia, são comuns chocolates sem açúcar e até sem lactose. Entretanto, eles não são as melhores opções para quem simplesmente quer evitar ganhar alguns quilinhos extras neste feriado.

Para Wanessa, os chocolates meio amargo e amargo são os mais saudáveis. "Eles são mais interessantes para quer não quer engordar. Com mais de 60% de cacau, têm bem menos açúcar e gordura. Dependendo do produto e do caso, podem até mesmo ser consumidos por diabéticos", explica.

Já os alimentos com o selo diet não têm açúcar, ficando com o sabor adocicado em função de outros produtos usados na sua formulação. A nutricionista não recomenda o produto para quem quer emagrecer. "O chocolate diet é mais voltado para diabéticos. Ele tem uma quantidade de gordura bem maior que o normal", afirma.

Composto essencialmente de manteiga de cacau, açúcar e leite em pó, com pouca porcentagem de cacau, e bastante gordura, o chocolate branco pode ser considerado um grande vilão para quem quer manter a dieta. Portanto, fuja dele caso esteja preocupado em manter a forma. Mas, no fim, nem mesmo ele está proibido. Tudo é uma questão de controle, com poucas quantidades por dia, como explica Wanessa. "Não é preciso deixar de consumir. É só ter moderação", finaliza.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.