Juiz de Fora - MG

Sexta-feira, 26 de abril de 2013, atualizada às 13h08

Mais de 1,3 milhões de brasileiros podem ter o título de eleitor cancelado

Da Redação
titulo

Pelas contas do Tribunal Superior Eleitoral, cerca de 1,3 milhões de eleitores brasileiros deverão ter o título cancelado por não votar ou justificar a ausência nas últimas três eleições. Na quinta-feira, 25 de abril, terminou o prazo para regularizar a situação. Em Juiz de Fora, houve movimento intenso nos últimos dias, mas, pelo último balanço nacional, apenas 8,5% dos brasileiros com problemas havia regularizado sua situação.

Mesmo o voto sendo obrigatório no país, o eleitor tem a oportunidade de, com o pagamento de uma multa irrisória, se ausentar do pleito. Mesmo assim, muita gente acumula três eleições seguidas sem votar (cada turno equivale a uma eleição). Ao todo, 1.514.621 pessoas estavam irregulares. Segundo o TSE, até o último balanço, divulgado no final desta quinta-feira, apenas 128.929 haviam regularizado a situação, o que equivale a 8,5%.

Segundo o chefe do Cartório do TRE-MG em Juiz de Fora, Gilter André da Silva, o movimento foi intenso nos últimos dias, mas só a partir do dia 5 de maio é que deverá haver um balanço preciso. "Agora, os cartórios estão fazendo os procedimentos de regularização dos títulos, que vai até o dia 5 de maio. Houve bastante procura em Juiz de Fora, mas ainda não é possível precisar os números", esclarece.

De acordo com a legislação, os eleitores que tiverem o título cancelado ficarão excluídos da participação nos próximos pleitos e, sem o comprovante de que exerceram o voto ou justificaram a ausência, ficam impedidos, por exemplo, de retirar a carteira de identidade ou passaporte e contrair empréstimos em instituições financeiras oficiais. O cancelamento do título também pode impedir a investidura e nomeação em cargo público e a renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

Em 2011, 1.395.334 eleitores tiveram seus títulos cancelados por não terem votado nem justificado a ausência nas três últimas eleições realizadas até 2010.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.