Juiz de Fora - MG

Sexta-feira, 28 de março de 2014, atualizada às 17h

Uaps do bairro Dom Bosco deverá ser construída em 12 meses

Foi aprovada nesta sexta-feira, 28 de março, pela Câmara Municipal, a mensagem 4095, apresentada como projeto de lei complementar alterando a lei que instituiu a Operação Urbana Monte Sinai. Com isso, o Hospital Monte Sinai se responsabilizará por 100% da construção da Unidade de Atenção Primária de Saúde (UAPS) do bairro Dom Bosco. Ao Poder Público caberá custeio das fundações, demolição do imóvel, limpeza do terreno e terraplenagem. O vereador Jucelio Maria (PSB), que acompanhou a tramitação da matéria de perto, adiantou que a obra será entregue à comunidade em 12 meses.

A operação urbana estabeleceu um conjunto de intervenções para a construção de um edifício de clínicas médicas interligado ao Hospital Monte Sinai por uma passarela suspensa. A lei original previa a construção, pelo empreendedor, de rotatória na interseção da avenida Itamar Franco com a rua Vicente Becheli. A obra, entretanto, tornou-se desnecessária uma vez que a sinalização instalada, especialmente por semáforos, regulou o fluxo viário. Isso levou a Prefeitura a substituir a contrapartida. Assim, ao contrário de arcar com 50% da construção da UAPS, o empreendedor responderá pelo encargo total.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.