• Assinantes
  • Saúde
    Edinho Ferreira Edinho Ferreira 16/09/2014

    Atenção cardiopatas

    atividadeCuidado com o mal do "mais cômodo". De acordo com a Folha de São Paulo On line, grande parte dos pacientes com problemas cardiovasculares é sedentária, consome produtos ricos em sódio e gorduras saturada e trans - vetados pelos médicos - e acredita que os medicamentos sejam suficientes para manter a doença cardíaca sob controle. A conclusão é de uma pesquisa feita pela Secretaria de Estado da Saúde com 3.000 pacientes do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, de São Paulo. Eles responderam a 70 perguntas formuladas por uma equipe de 28 nutricionistas do hospital. Todos os entrevistados tinham algum tipo de doença cardíaca, tomavam remédio para mantê-la sob controle (anti-hipertensivo, por exemplo) e recebia orientação nutricional. Algumas conclusões do trabalho indicaram que os pacientes estão longe de seguir o que recomendam os médicos. Por exemplo: 61% acreditam que o remédio sozinho resolve o problema, 40% não consomem legumes e verduras diariamente, apenas 18% deles ingerem alimentos integrais e 51% são totalmente sedentários. Os resultados da pesquisa levaram o cardiologista a mudar a forma de orientar os pacientes cardiopatas. Todos sabem que a gordura trans faz mal e que atividade física faz bem, mas poucos fazem.

    Segundo o cardiologista e nutrólogo, Daniel Magnoni, que coordenou a pesquisa, os pacientes preferem tomar o medicamento a mudar hábitos da vida. "Eles até mudam no início, mas, com o tempo, aprendem que é mais fácil tomar o remedinho e pronto. A gente não consegue fidelizar o paciente nessa necessidade de mudança."

    cardiopatasDe acordo com a revista Ciência e saúde, não é só com pílula que se faz o tratamento. Uma boa alimentação deve incluir frutas, legumes e verduras nas refeições. Produtos embutidos ou enlatados estão proibidos. Deve-se restringir o consumo diário de carne a 150g, 55% de carboidratos, 30% de gorduras e 15% de proteínas. Esta deve ser, basicamente, a dieta de um cardiopata, segundo a nutricionista Ana Maria Lottenberg, do Hospital Israelita Albert Einstein. Os exercícios físicos devem fazer parte da rotina (um mínimo de 30 minutos de atividade física cinco vezes por semana.

    Reduza o colesterol e a obesidade, mantenha a pressão arterial sob controle e diminua a quantidade de sal nos alimentos. "Não use saleiro de mesa", aconselha o cardiologista Fernando Nobre. "Mudar um hábito de vida pode representar o controle da doença." Por tanto, mãos à obra e chega de preguiça, mudar agora para aproveitar o futuro.

    Faça atividade física com um educador físico!


    Edinho Ferreira é bacharel em Educação Física pela Faculdade Metodista Granbery, pos-graduado em Musculação, Personal Trainer, Gestao-empreendedora pela Universidade Veiga de Almeida-RJ, professor e personal trainer na academia Actrium, professor e coordenador de atividade física na Clinica Re-Construir e professor do projeto "Musicoterapia" na clinica Re-Construir. Rede social: @edinho913

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.