• Assinantes
  • Saúde
    Quinta-feira, 6 de agosto de 2009, atualizada às19h

    Comissão de Saúde da Câmara Municipal busca resolver situação dos acautelados no HPS em encontro realizado em BH

    Da Redação

    Dois peritos médicos da Secretaria do Estado de Defesa Social (SEDS), um da Secretaria Municipal de Saúde de Juiz de Fora e outro indicado pela Comissão de Saúde da Câmara vão integrar a Comissão Interinstitucional de Saúde Mental, criada para avaliar a situação dos detentos internados no Hospital Pronto-Socorro (HPS) em Juiz de Fora. A decisão foi tomada no encontro entre a Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Juiz de Fora e o subsecretário de Administração Prisional de Minas Gerais, Genilson Zeferino, realizado nesta quinta-feira, dia 6 de agosto, em Belo Horizonte. 

    Ficou definido ainda que o diretor de atendimento do Hospital Jorge Vaz, de Barbacena, o médico psiquiatra Sebastião Vidigal, irá acompanhar as ações da comissão. Perito médico do sistema prisional há 33 anos, Vidigal já emitiu cinco mil laudos de exames de sanidade mental, é diretor do Instituto de Psiquiatria e Estudos Científicos de Barbacena e ex-diretor da Faculdade de Medicina do município

    Na próxima segunda-feira, dia 10 de agosto, está agendada uma nova reunião para traçar as diretrizes deste trabalho. O presidente da comissão, José Fiorilo (PDT), fez uma avaliação positiva do encontro. "Estão todos interessados em contribuir para resolver o problema."

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes


    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.