• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Segunda-feira, 18 de janeiro de 2010, atualizada às 18h51

    PJF apresentará proposta de gratificações para profissionais da urgência e emergência

    Clecius Campos
    Repórter

    No próximo dia 28 de janeiro, quinta-feira, a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) vai apresentar à comissão que estuda o plano de carreira para a urgência e emergência uma proposta para novo modelo de gratificação para os profissionais que atuam no Hospital do Pronto Socorro (HPS), no Pronto Atendimento Infantil (PAI), no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e nos departamentos de Urgência e Emergência Norte (DUEN) e Leste (DUEL). O anúncio foi feito em nota oficial publicada pela assessoria de comunicação da Secretaria de Administração e Recursos Humanos (SARH).

    O presidente do Sindicato dos Médicos, Gilson Salomão, aguarda o conteúdo da proposta para comentar o assunto. "O que posso dizer é que a situação na urgência e emergência é grave e que a proposta deveria ter sido apresentada muito antes. O certo é estudar uma sugestão, em prol de criar um plano de carreira para a categoria."

    É o que pensa o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sinserpu), Cosme Nogueira, que defende objetividade nos trabalhos. "A comissão foi criada em meados do ano passado e até agora não temos sequer um calendário de reuniões. Esperamos que seja apresentada uma proposta digna, ou então teremos que desfazer a comissão e levar as reivindicações à categoria." Segundo Nogueira, a expectativa é de que o adicional de penosidade, para enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem, seja incorporado ao salário dos servidores. "O plano de carreira para os funcionários que vigora hoje é de 1995 e está desatualizado. Ele não contempla a carreira da urgência e emergência", acrescenta.

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.