• Assinantes
  • Saúde
    Sexta-feira, 22 de janeiro de 2010, atualizada às 18h

    Ações de combate à dengue são intensificadas

    Aline Furtado
    Repórter

    As ações de combate à dengue serão intensificadas na cidade a partir deste sábado, 23 de janeiro. Nesta data, antes da partida entre o Tupi e o Ipatinga pelo Campeonato Mineiro, marcada para as 17h, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, será realizada a primeira ação. No evento, haverá distribuição de panfletos educativos, realizada por seis agentes de endemia nos portões de entrada. Além disso, serão afixadas faixas ao redor do gramado, alertando os torcedores sobre os cuidados a serem tomados.

    A Secretaria de Saúde (SS) também vai realizar uma gincana entre crianças e adolescentes do 5º ao 9º ano das escolas municipais da cidade. O objetivo é que haja a disseminação de atitudes que podem ser adotadas no combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença.

    Além disso, deverão ser desenvolvidas parcerias com empresas da cidade, a fim de que possíveis focos sejam estancados. O comércio também faz parte da campanha da SS contra a dengue. A ação pretende envolver os vendedores, que usarão adesivos, buscando contribuir para a conscientização da população sobre os perigos da dengue.

    O Plano de Ação em Combate à Dengue deverá envolver, ainda, a veiculação de informações em meios como fôlderes, cartilhas, cartazes, rádio, cartazes em ônibus, além de alertas nas contas de água e nos contracheques dos servidores públicos municipais. 

    Casos confirmados

    O Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental (DVEA) divulgou, na última quinta-feira, dia 21, que foram confirmados três casos de contaminação pelo mosquito da dengue. Dois deles são autóctones, ou seja, contraídos na cidade, no bairro Jardim Glória. O outro caso não teve local de infecção determinado. Ao todo, em 2010, foram notificados sete casos. Além das três confirmações, um foi descartado e três estão sob investigação, aguardando resultado dos exames. Das pessoas que contraíram a doença, nenhuma precisou de internação, apenas uma permaneceu em observação por doze horas e foi liberada.

    De acordo com a chefe do DVEA, Alessandra Mendonça, os números divulgados são esperados para esta época do ano. "A tendência é os casos aumentarem no mês de fevereiro. Já o pico da doença, de acordo com o que é registrado historicamente, ocorre nos meses de abril e maio."

    Segundo Alessandra, após a divulgação dos dados do Levantamento do Índice Rápido de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa), que apontaram 4,97% de infestação predial, as ações já começaram a ser desenvolvidas. "Os agentes visitam as áreas apontadas como críticas pelo levantamento e fazem o tratamento com o larvicida nos locais e nas redondezas." Os 119 agentes de controle de endemia no município trabalham também com a conscientização da população. "É preciso haver mobilização de toda a sociedade. As pessoas precisam fazer sua parte", conclui.

     Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Ferramentas como folderes, cartilhas, cartazes, busdoors, spots para rádio, além do uso do site da PJF, do elevanews (informações veiculadas dentro dos elevadores do prédio da Prefeitura), twitter e demais formas de divulgação serão usadas na campanha. Está sendo estudada a possibilidade de se fazer uma reedição da esquete teatral para apresentação em pontos estratégicos. Também haverá um alerta nas contas de água e nos contracheques dos servidores. Dessa forma, a PJF irá envolver vários segmentos da administração, como Demlurb, Cesama, Defesa Civil, Secretaria de Educação, Secretaria de Esporte e Lazer, entre outros, no combate à dengue, não ficando apenas restrito à área de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.