• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Segunda-feira, 4 de janeiro de 2010, atualizada às 17h40

    Índice de infestação da dengue pode ficar próximo a 4% em janeiro

    Clecius Campos
    Repórter

    O Índice de Infestação Predial do vetor da dengue em Juiz de Fora pode ficar próximo a 4% em janeiro. Essa é a expectativa de resultado do Levantamento de Índice Rápido de Aedes aegypti (Liraa), iniciado nesta segunda-feira, 4 de janeiro. De acordo com o subsecretário de Vigilância em Saúde, Ivander Mattos Vieira, as chuvas e o calor são os responsáveis pelo possível aumento do índice, que em outubro de 2008 foi de 1,75%.

    "A porcentagem esperada é bem superior ao preconizado pelo Ministério da Saúde, que considera como margem de segurança índices abaixo de 1%. A intenção é manter o levantamento atualizado para que a superposição de resultados aponte a evolução do Aedes aegypti. Dessa forma, as ações contra a infestação do vetor podem ser mais bem direcionadas."

    Segundo Vieira, o 14º estrato, entre os 17 vistoriados pela subsecretaria, deve apresentar o índice mais alto da cidade. "O índice de outubro já mostrava que a situação naquela região é a mais complicada. Temos que trabalhar para reter o avanço do mosquito." A região engloba os bairros Linhares, Penitenciária, Vila Almeida, Fazenda Yung, Grajaú, Alto Grajaú, Nossa Senhora Aparecida, São Tarcísio, Ladeira e Manoel Honório (ver mapas).

    Cento e vinte agentes visitarão sete mil imóveis na cidade. A expectativa é de terminar o trabalho de campo do Liraa até a próxima sexta-feira, 8. Conforme Vieira, a ocorrência de chuvas pode atrasar a finalização do estudo para a segunda-feira, 11. "O levantamento deve ser realizado em espaço curto de tempo para ser mais fiel à realidade. Os agentes fiscalizam 25% das residências de cada estrato, fazendo uma amostragem. Com exceção de algumas regiões da Zona Rural, toda a cidade fará parte do levantamento."

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.