• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Quinta-feira, 1 de abril de 2010, atualizada às 16h34

    Médicos entregam pauta de negociação salarial à PJF na próxima semana

    Clecius Campos
    Repórter

    Os médicos da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) irão entregar ao Executivo a pauta de reivindicações e os percentuais solicitados para o reajuste salarial na próxima terça-feira, 6 de abril. De acordo com o secretário-geral do Sindicato dos Médicos, Geraldo Sette, o aumento de salário segue a proposta apresentada pelo Sindicato dos Servidores Públicos de Juiz de Fora (Sinserpu), porém serão encaminhadas também questões específicas da carreira dos profissionais da saúde.

    "A categoria quer o cumprimento do acordo anterior, de criação das comissões para rever o plano de cargos e salários e as condições de trabalho. Busca também a equiparação dos salários dos médicos aos demais servidores com ensino superior, defasado em 25%, e a realização de concursos públicos para suprir a falta de profissionais." O sindicato estima que a carência de profissionais na urgência e emergência chegue a 20% da necessidade total e que faltam 25% dos médicos necessários para o trabalho nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

    No último dia 30, o Sinserpu encaminhou à PJF a solicitação de reajuste salarial no percentual de 15% para todos os cargos da administração pública. Segundo o presidente do sindicato, Cosme Nogueira, a intenção é recompor perdas passadas. "Queremos a correção pelo IPCA [Índice de Preços ao Consumidor Amplo] deste ano e o de 2009, além de suprir prejuízos de anos anteriores." A intenção é realizar uma assembleia conjunta ainda no início de abril. A data-base para reajuste dos servidores municipais é o dia 1º de maio.

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.