• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Segunda-feira, 28 de junho de 2010, atualizada às 13h

    Calçado inadequado pode causar problemas posturais graves

    Pablo Cordeiro
    *Colaboração

    A implicação dos calçados na vida postural das pessoas é uma questão mais recorrente do que se pode imaginar. Um calçado mal regulado pode provocar dores no corpo, na coluna e no ombro, além de alterações no equilíbrio, no posicionamento errado do corpo e nas alterações no eixo dos olhos e da mandíbula. Esses males são a médio e a longo prazo, como explica o fisioterapeuta especialista em posturologia, Anderson Daibert.

    Segundo o especialista, o calçado tem fundamental importância na melhoria ou no prejuízo na postura da pessoa, principalmente em relação ao índice do equilíbrio postural. "Muitas pessoas reclamam de problemas que são provocados pelos calçados. Na hora da compra, dão prioridade para a beleza", explica. Muitos problemas ortopédicos podem ser causados por essa mecânica errada. A pessoa pode identificar as irregularidades através de dores no eixo, fadiga, sensações vertiginosas, perda de equilíbrio, cansaço nos pés e panturrilha. 

    O fisioterapeuta ressalta que esse estudo específico ainda é muito novo no Brasil e que a gravidade dos problemas pode ser bastante severa. "Se você anda durante um dia todo com um calçado desconfortável e sente dores. Imagine uma pessoa com cerca de 40 anos. Em relação ao tanto que ela já andou, já poderia ter dado a volta ao mundo", exemplifica. O tratamento são os tradicionais da fisioterapia, mas o fundamental é trabalhar a consciência das pessoas quanto à funcionalidade dos calçados. 

    Sem preconceito com os saltos

    Falando de problemas posturais, o tipo de calçado que logo vem na cabeça de muitas pessoas é o salto alto. Mas, de acordo com o especialista, nem sempre esse calçado pode trazer malefícios para as mulheres. "Depende da pessoa. Não existe regra e receita para todo mundo. A pessoa pode andar para a frente e um salto de quatro centímetros pode trazer sua postura para trás, por exemplo. Algumas mulheres sentem dor com rasteiras e outras não", define Daibert. Para o fisioterapeuta, os calçados ideais devem proporcionar conforto, equilíbrio, postura, aderência no andar e estabilidade no calcanhar.

    Palestra explicativa

    Para tratar desse tema, Anderson Daibert ministra palestra nesta terça-feira, 29 de junho, às 19h, na avenida Rio Branco, 2590, Centro. O convite é um quilo de alimento não perecível.

    *Pablo Cordeiro é estudante do 10º período de Comunicação Social da UFJF

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.