Quarta-feira, 22 de dezembro de 2010, atualizada às 18h

JF é única cidade de Minas a receber recurso anual para atenção aos usuários de crack 

Da Redação

Juiz de Fora está entre as cidades do país habilitadas a receber, a partir de 2011, recurso anual do Ministério da Saúde (MS) para credenciamento de leitos em hospital geral destinados aos Serviços Hospitalares de Referência para Ação Integral aos usuários de crack e outras drogas. Para o município, o repasse será da ordem de R$ 225.792. Ao todo, foram viabilizados 98 leitos para o país, sendo 16 para Juiz de Fora. O hospital contemplado será o Ana Nery.

Segundo o chefe do Departamento de Saúde Mental (DSM) da Secretaria de Saúde, José Eduardo Amorim, isso representa avanços relevantes para o município, principalmente do ponto de vista da assistência hospitalar, considerando o credenciamento de leitos para tratamento de dependência química, em especial ao crack, em hospital geral. "Além disso, significa que o MS acolheu o nosso projeto e que Juiz de Fora possui condições de regular os leitos. O projeto prevê que essa assistência hospitalar esteja integrada à assistência extra-hospitalar. Existe demanda e podemos ter referência hospitalar para atender aos usuários."

Além de Juiz de Fora, as localidades contempladas foram Volta Redonda (RJ), Aracaju (SE), Fortaleza (CE), Teresina (PI), Campinas (SP), Laguna (SC) e Distrito Federal.


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.