• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Terça-feira, 24 de julho de 2012, atualizada às 17h50

    Serviços da Superintendência Regional de Saúde começarão a ser afetados em JF

    Andréa Moreira
    Repórter
    Manifestação

    Os moradores de Juiz de Fora começarão a sentir os efeitos causados pela greve dos servidores da Superintendência Regional de Saúde (SRS). Apesar da greve dos servidores estaduais da Saúde ter terminado no dia 12 deste mês, os funcionários da Superintendência Regional de Saúde permaneceram paralisados, o que irá afetar alguns serviços públicos, como a aquisição de alvarás da Vigilância Sanitária.

    De acordo com o servidor Reinaldo Romeu dos Santos Júnior, alguns setores estão totalmente parados, como o Núcleo de Gestão Microrregional, a Vigilância Sanitária, o Núcleo de Atenção Primária à Saúde (Napres), o Núcleo de Atenção à Saúde (NAS) e o Laboratório Macro Regional. Outros departamentos, como de Imunização, de Epidemiologia, além dos setores de Finanças e Prestação de Contas, sofreram adesão parcial. "A Superintendência Regional de Saúde é responsável por toda a parte burocrática, como levantamento de dados, prestação de contas, análise de contas públicas, contratos e fornecimento de alvarás da Vigilância Sanitária. Daqui a pouco tempo, as pessoas físicas e jurídicas irão precisar destes documentos e não irão conseguir, pois estamos em greve. Acredito que só assim a Secretaria de Saúde do Estado irá atender as nossas reivindicações."

    Santos informa, ainda, que os servidores da Superintendência Regional de Saúde de Juiz de Fora aderiram à greve tardiamente. "Paramos nossas atividades no dia 5 de julho. Quando os outros setores estaduais entraram em greve, nós não sabíamos por qual motivo eles tinham parado as funções. Então, quando descobrimos que a Secretaria de Estado de Saúde tinha dado 65% para a classe médica, nós resolvemos parar as nossas funções também. Não aceitamos essas diferenciações realizadas pelo governo. Isso é revoltante."

    Na próxima quinta-feira, 26, haverá uma nova assembleia dos grevistas, a partir das 9h, seguida de manifestação na porta da SRS de Juiz de Fora. No dia 8 de agosto, acontecerá uma assembleia geral da Secretaria Estadual de Saúde e da Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais no pátio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

    Reivindicações

    Entre as reivindicações dos servidores da Superintendência Regional de Saúde está o pagamento do adicional de insalubridade para os trabalhadores; pagamento do benefício do vale-transporte para todos os trabalhadores da SES; reajuste do valor do benefício de tíquete-refeição; pagamento de 40% sobre o vencimento básico dos profissionais que exercem as funções técnicas de radiologia; pagamento do prêmio de produtividade a todos os servidores, inclusive os municipalizados; regulamentação em lei do cargo de Especialista em Políticas e Gestão da Saúde (EPGS), nos mesmos moldes do cargo de Especialista em Políticas e Gestão Governamental (EPGG); garantia do cronograma das reuniões na Mesa Permanente de Negociação do SUS; e inserção da gratificação complementar, nos mesmos moldes da existe na Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig).

    Paralisações

    A SRS em Juiz de Fora é a única do Estado em greve. Nos outros municípios de Minas Gerais, onde existe alguma Superintendência ou Gerência Regional de Saúde, estão ocorrendo paralisações. Confira os dias e locais:

    • Varginha: 24 e 25 de julho
    • Pouso Alegre:  24 e 25 de julho
    • Alfenas:  24 e 25 de julho
    • Leopoldina: 24 e 25 de julho
    • Sete Lagoas: 24, 25 e 26 de julho
    • Teófilo Otoni: 25 e 26 de julho
    • Montes Claros: 26 de julho

    Os textos são revisados por Mariana Benicá

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.