• Assinantes
  • Saúde
    Quarta-feira, 8 de agosto de 2012, atualizada às 12h20

    Aniversário do HU é celebrado com distribuição de cartilha sobre privatização

    Nathália Carvalho
    *Colaboração
    Hospital Universitário

    Nesta quarta-feira, 8 de agosto, o Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal de Juiz de Fora completa 46 anos na cidade. Durante as comemorações, os servidores federais, em greve há cerca de dois meses, realizaram a distribuição de cartilhas informativas para os funcionários a respeito da privatização do órgão. A primeira aconteceu durante a manhã no HU do bairro Santa Catarina, seguida por outra no Centro de Atenção à Saúde (CAS), no bairro Dom Bosco.

    Além das cartilhas, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (Sintufejuf) aproveitou a oportunidade para distribuir folders de esclarecimento à população. Os documentos continham informações à respeito da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), órgão estatal de direito privado criado para administrar os HU's.

    "Nós somos totalmente contra a criação e execução desta empresa. Fazemos um trabalho diário de esclarecimento aos servidores porque é importante eles tomarem conhecimento do que está sendo realizado pelo Governo", explica o coordenador do Sintufejuf e supervisor do HU, José Fanias Lima. Para o Sindicato, o dinheiro gasto com a criação e manutenção da empresa poderia ser destinado à contratação de um maior número de servidores e realização de investimentos nos Hospitais, além de outras instituições federais.

    Conforme é explicado na cartilha, foi criado um comitê em defesa do HU em 2011, "com o intuito de lutar pela garantia do caráter público do Hospital Universitário de Juiz de Fora". O comitê conta com a participação de profissionais do HU, do Sintufejuf, da Associação dos Professores de Ensino Superior em Juiz de Fora (Apes-JF), do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFJF, do Conselho Regional de Serviço Social (CRESS), do Comitê Central Popular de JF e do Coletivo Piracema.

    De acordo com Lima, existem cerca de 380 servidores federais e outros 450 funcionários terceirizados no HU. A escala de funcionamento está sendo revezada de dois em dois dias de trabalho pelos servidores, mas os setores do Hospital estão sendo atendidos. Uma nova assembleia dos servidores está agendada para a próxima quinta-feira, 9, às 9h, no Restaurante Universitário (RU) do Centro, para discutir a respeito das últimas propostas do Governo e definir os rumos da greve.

    *Nathália Carvalho é estudante do 8º período de Comunicação Social da UFJF

    Os textos são revisados por Mariana Benicá

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.