Terça-feira, 4 de dezembro de 2012, atualizada às 12h

Votação interna rejeita troca de gestão no Hospital Universitário

Nathália Carvalho
Repórter
Plebiscito HU

Docentes, técnico-administrativos, estudantes, residentes e funcionários ligados à comunidade do Hospital Universitário (HU) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) rejeitaram a proposta de privatização da unidade, durante consulta pública realizada durante a última segunda-feira, 3 de dezembro. No plebiscito, 756 votaram contra a adesão à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), o que representa 80,5% do total. Entre os favoráveis, foram 183 votos e 19,5% da preferência. A maioria contrária venceu nas três categorias votantes.

A apuração do resultado foi realizada durante a última noite e já foi enviada ao Conselho Diretor do HU na manhã desta terça-feira, 4. A negativa irá representar o voto da direção da instituição junto ao Conselho Superior da UFJF, responsável pela decisão final sobre a troca de gestão, quando o assunto for tratado em pauta.

A realização do plebiscito foi antecedida por três debates, que tiveram como objetivo o esclarecimento das implicações da adesão ou não à EBSERH, a discussão sobre a possibilidade de manutenção do hospital caso opte-se pela não adesão. Os debates aconteceram nos dias 22, 26 e 29 de novembro, sendo que não houve a presença de nenhum representante da empresa.

Resultado por categoria

Conforme os dados informados pela Comissão Eleitoral, dentre os 939 votantes, 325 eram técnico-administrativos, que se dividiram entre 296 contra (91%) e 29 a favor (9%) da empresa. A outra parcela era representada por estudantes, em um total de 551 pessoas, sendo que 424 disseram não (77%) e 127 foram favoráveis (23%). Por fim, dos 63 docentes, 36 são contra (57,1%) e 27 a favor (42,9%).

Os textos são revisados por Juliana França

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.