• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Terça-feira, 11 de junho de 2013, atualizada às 19h

    Dia da Cardiopatia Congênita é celebrado nesta quarta em Juiz de Fora

    Cintia Charlene
    *Colaboração
    cardiopatia

    Nesta quarta-feira, 12 de junho, é celebrado o Dia da Cardiopatia Congênita, doença que acomete um a cada cem recém-nascidos vivos. Trata-se de uma anormalidade na estrutura ou função do coração que surge nas primeiras oito semanas de gestação, período em que é formado o coração do bebê. Assim, a doença ocorre devido a uma alteração no desenvolvimento embrionário da estrutura cardíaca, sendo considerada uma das principais causas de óbitos.

    Além disso, existe a cardiopatia coronária que gera lesões mais prevalentes, também podendo causar a morte da criança. ''O objetivo da data é orientar, divulgar e esclarecer a população sobre a doença, que apresenta sinas e sintomas que podem ser percebidos pelos pais. Com um diagnóstico precoce o problema pode ser resolvido, e a criança poderá crescer de forma saudável, com qualidade de vida'', afirma a cardiologista pediátrica e chefe do ambulatório de cardiologia infantil, Sarah Guedes.

    Ainda de acordo com a médica, não há uma causa específica para o surgimento da doença. ''Pacientes que possuem antecedentes com cardiopatia congênita, pessoas expostas a radiação, uso de medicamentos durante a gravidez e infecções, podem ser algumas das causas. Por isso, o pré-natal bem feito é fundamental. Se a gestante com cardiopatia congênita for identificada de maneira precoce, receberá uma orientação ainda melhor."

    Para conscientizar a população sobre a importância da data, a Secretaria de Saúde (SS) de Juiz de Fora, irá promover nesta quarta-feira, uma ação para orientar crianças, adolescentes e responsáveis atendidos pelo Departamento de Saúde da Criança e do Adolescente (DSCA). As crianças que comparecerem na sede do departamento no período de 8h às 12h, serão submetidas a exames de pressão e, posteriormente, avaliação de seu peso. A medida serve como um mecanismo de prevenção, além de alertar sobre o diagnóstico precoce. Haverá distribuição de materiais informativos sobre a cardiopatia congênita.

    Exame gratuito

    Desde setembro de 2012, está em vigor em Juiz de Fora, a lei 12.664/2012 que dá o direito aos recém-nascidos a fazerem o teste do coraçãozinho. O exame gratuito é realizado em hospitais e maternidades públicas e privadas, com o intuito de identificar, dentro de um período entre 24h e 48h após o nascimento da criança, a enfermidade. ''Se o diagnóstico confirmar a suspeita da cardiopatia, um cardiologista será chamado para fazer uma nova análise clínica antes do bebê ter alta. Assim, caso seja confirmado, o recém-nascido será encaminhado para tratamento, que poderá ser feito por medicamentos ou por intervenção cirúrgica, dependendo de cada caso'', esclarece.

    Além do teste, a doença pode ser identificada também por meio de exames de ecocardiogramas, que podem ser feitos quando a mãe ainda estiver grávida ou após o nascimento do bebê. Os pais devem ficar atentos há alguns sintomas que podem identificar a doença. ''Bebês que apresentem cansaço, dificuldades em mamar, coração acelerado, dificuldades em se alimentar, pneumonias frequentes e/ou lábios roxos são alguns dos sinais que podem ser apresentados pelos pequenos. Crianças entre 7 e 10 anos, que apresentem cansaço além da conta ao praticarem atividades físicas, também devem ser observados pelos pais'', comenta.

    Segundo a Associação de Apoio à Criança Cardiopata Pequenos Corações, mais de 23 mil crianças necessitam de cirurgia cardíaca todos os anos no Brasil. "O procedimento cirúrgico depende do diagnóstico, cada caso é um caso. Em Juiz de Fora, realizamos cirurgias simples de pequeno porte, os casos mais complexos envolvendo crianças com doenças mais graves são encaminhados para hospitais maiores, como os de Belo Horizonte," afirma Sarah.

    *Cintia Charlene é estudante do 7º período de Comunicação Social da UFJF

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.