Quarta-feira, 29 de janeiro de 2014, atualizada às 15h30

Hemominas atua com estoque baixo de sangue e convoca doadores

Eduardo Maia
Repórter
Hemominas

O Hemominas de Juiz de Fora convoca a população para a doação de sangue. No momento, a unidade atua com um estoque 12% abaixo do nível ideal para atendimento aos 64 hospitais que abrange nos mais de 30 municípios da região.

Segundo a assistente social Bruna Quintão, a situação se complica neste período, já que a maioria de doadores passa de férias fora da cidade. "Pessoas saudáveis estão nas praias, clubes e se esquecem que neste período existem pessoas que continuam dentro dos hospitais, e isso dificulta que a gente chame as pessoas para doarem neste período", diz.

Bruna explica que independente das quantidades existentes de cada tipo sanguíneo, todos eles são indispensáveis para o bom funcionamento da unidade e o atendimento aos pacientes. "Estamos com cirurgias suspensas, precisamos de todos os tipos sanguíneos, porque todos estão em baixa. Pedimos às pessoas que estejam em Juiz de Fora que venham o mais rápido."

Conscientização

Como parte das ações, o grupo Domésticas de Luxo realiza neste sábado, 1º de fevereiro, uma ação em frente ao Hemominas visando à conscientização. "Vamos promover a abertura do mês do Carnaval. Em parceria com o bloco Domésticas de Luxo, faremos a panfletagem. A intenção é que as pessoas venham doar sangue no mês do Carnaval", afirma Bruna. Em caso de dúvidas, os interessados podem entrar em contato pelo telefone 155.

Quem pode doar

- Podem doar sangue as pessoas que tenham entre 16 e 69 anos. Mas, atenção: se o candidato à doação de sangue tem entre 16 e 17 anos ou mais de 60 anos, é importante conhecer as Normas e documentos necessários para doação de sangue. Os demais critérios são válidos para todos.
- Quem tem e está com boa saúde;
- Quem pesa acima de 50 kg;
- Quem dorme bem na noite anterior à doação;
 - Mulheres, mesmo se menstruadas ou em uso de anticoncepcionais.

Quem não pode doar

- Quem teve hepatite após os 11 anos de idade, exceto se tiver comprovação laboratorial da época de que se tratou de hepatite A (IgM positiva).
- Quem tem exposição a situações de risco acrescido para doenças sexualmente transmissíveis;
- Quem teve gripe, resfriado ou diarreia nos sete dias anteriores à doação;
- Quem ingeriu bebida alcoólica nas últimas 12 horas anteriores á doação;
- Quem usou ou usa drogas injetáveis;
- Quem apresenta ferimento ainda não cicatrizado;
- Quem estiver grávida ou em período de amamentação; após o parto normal é necessário aguardar três meses; após cesárea, seis meses;
- Quem fez qualquer exame por endoscopia nos seis (6) meses anteriores à doação;
- Quem fez cirurgia por laparoscopia nos seis (6) meses anteriores à doação;
- Quem fez tatuagem nos últimos 12 meses anteriores à doação.
- Quem fez ou faz tratamento dentário (a pessoa pode ser impedida de doar por um período de 1 a 30 dias, conforme o caso).
- Quem fez piercing nos últimos 12 meses anteriores à doação. Piercing localizado em área genital ou na boca, somente poderá ser liberada a doação, 12 meses após sua retirada.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.