• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Quarta-feira, 11 de junho de 2014, atualizada às 10h43

    Zona da Mata registra aumento de 31,1% na doação de órgãos

    A Zona da Mata Mineira registrou um aumento de 31,1% na captação de órgãos que resultou em transplantes, no comparativo entre 2013 e 2012. Em 2013, foram feitas 180 cirurgias, 56 a mais que em 2012. Os números são da Central de Notificação, Captação e Doação de Órgãos e Tecidos (CNCDO) do MG Transplantes na Zona da Mata.

    A identificação de possíveis doadores é feita por meio dos comunicados de óbito que chegam à Central do MG Transplantes em Juiz de Fora e de busca ativa diária nos hospitais da região que possuem CTI. (Centro de Tratamento Intensivo). Em caso de morte, a família é primeiramente comunicada sobre a abertura de protocolo da investigação de morte encefálica. Após esse procedimento ser concluído, então a família é abordada com relação à doação de órgão. Nos cinco primeiros meses deste ano foram realizadas na Zona da Mata 50 doações de córneas e cinco de órgãos múltiplos. Atualmente, existem na região 200 pessoas aguardando por transplantes.

    Desejo de doação

    Hoje, para se tornar um doador, é necessário manifestar essa vontade para algum familiar, já que sabedora deste desejo, o trabalho da Central de Transplantes é facilitado, evitando dilemas em relação à doação dos órgãos. Nos casos em que a pessoa em morte encefálica não havia feito o comunicado em vida, a captação pode acabar sendo comprometida, já que se apenas um familiar for contra, o processo é cancelado. Para isso, é levada em conta a opinião dos pais, filhos, cônjuges ou parentes mais próximos.

    Números em MG

    Em Minas, cerca de 2.500 pessoas esperam por doações de órgãos. Os pacientes ficam inscritos em uma lista nacional, regionalizada por Estado.

    Em 2013 ocorreram em Minas Gerais 2.307 transplantes de órgãos e tecidos, atingindo 28.801 cirurgias desde 1992. O diretor do MG Transplantes destaca que a Central Estadual de Transplantes foi a que mais cresceu no país nos últimos seis anos. Por isso, uma é esperada a inauguração para 2015 de uma Unidade Estadual de Transplantes. Esta unidade vai funcionar como um grande centro de formação de profissionais da área de transplantes, além de realizar todos os tipos de doações, inclusive as mais complexas.

    O estado conta com com 10 centrais do MG Transplantes. Além de Juiz de Fora, possuem sedes: Uberlândia, Uberaba, Montes Claros, Ipatinga, Governador Valadares, Pouso Alegre, Betim e duas em Belo Horizonte.

    Com informações da Secretaria de Governo de Minas Gerais.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.