Ana Stuart Ana Stuart 8/09/2014

Nossa Mente Instintiva...

menteAo perceber a sabedoria da natureza e a evolução gradativa dos seres, vamos nos aprofundando em nossa Mente Instintiva. Lendo obras de Ramatins achei interessante algumas citações, quando diz que o urso polar é branco para ser confundido com a neve, pois se fosse preto seria presa fácil dos caçadores.

Da mesma forma o tigre é listrado para ser confundido com os arbustos. Já o camaleão muda de cor conforme o ambiente, também pela sobrevivência.

E, na teoria da evolução, ao longo do tempo, nossa Mente Instintiva vai se adequando ao ambiente em que vivemos, pela nossa sobrevivência... Por aí vemos o porquê nossa aparência não é mais como a do homem das cavernas... Nossa Mente Instintiva foi se adequando, moldando nossos músculos e todo o nosso biológico ao longo do tempo, por não precisarmos desbravar tanto, mastigar tanto.. E por aí vai..

Nossa Mente Instintiva foi adequando nossa sexualidade através do discernimento, tornando-nos seletivos...
Passamos então a usar nossa Mente Intelectiva, aprimorando pensamentos e emoções, através dos conhecimentos e descobertas científicas.

Passamos também a desenvolver a Mente Espiritual, que nos eleva além da Mente Intelectiva e Instintiva.
A Mente Espiritual nos transcende, alivia, independente de religião, nos eleva fazendo-nos flutuar acima e além da matéria.

Como estamos utilizando nossas Mentes?

A Instintiva tão necessária para nossa sobrevivência e evolução..

A Intelectiva para o desenvolvimento intelecto-moral-social..

A Espiritual que nos transcende..

Difícil tarefa, pois não podemos exagerar em nenhuma delas e muito menos deixar de
Vivenciá-las.

O pior é quando emperramos em alguma, nossa vida não flui!

Bom parar para pensar..


Ana Stuart é psicóloga e terapeuta familiar

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.