Quinta-feira, 16 de agosto de 2012, atualizada às 17h30

Audiência pública irá abordar situação de proprietários de imóveis no Residencial Green Park Life

Da Redação
Residencial Green Park Life

Com o objetivo de solucionar os problemas relacionados ao prazo de entrega dos imóveis, além da cobrança ilegal de taxa de corretagem referente ao Residencial Green Park Life, a Agência de Proteção e Defesa do Consumidor de Juiz de Fora (Procon-JF) vai realizar uma audiência pública no dia 4 de setembro, às 14h30, na agência do órgão, na avenida Presidente Itamar Franco, nº 992.

A reunião contará com a presença do Ministério Público, que já está investigando o caso, e do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci), para apurar irregularidades quanto às taxas de corretagem.

O objetivo da audiência pública é permitir aos consumidores ter conhecimento a respeito das irregularidades apuradas e poder pleitear os seus direitos. Os interessados em participar do encontro devem se inscrever previamente através do telefone (32) 3690-7734. As vagas são limitadas. Segundo informações do Procon, o número de reclamações referentes à Construtora Tenda, responsável pelo Residencial Green Park Life, é grande.

Além do residencial citado, a Tenda é responsável pelo Residencial Arpoador. De acordo com informações do Procon, a empresa informou o cancelamento do empreendimento, mas não comprovou ter ressarcido todos os consumidores. Pesa ainda contra a empresa o fato de constar no site www.tenda.com, anúncio de venda do referido empreendimento, o que foi objeto de representação ao Ministério Público. Outro problema levantado refere-se à existência de cláusula penal apenas para o caso de rescisão pelo consumidor e não quando a culpa é da empresa, como ocorreu.

Os textos são revisados por Mariana Benicá

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.