Sexta-feira, 6 de dezembro de 2013, atualizada às 11h17

Tubby: aplicativo para avaliar mulheres era uma farsa

Tubby

O assunto que se tornou trending topics na internet na última semana não é real. O suposto aplicativo Tubby, que tinha a ideia de homens avaliarem o desempenho sexual das mulheres, era uma brincadeira do blog Não Salvo. O anúncio foi feito logo depois da meia-noite desta sexta-feira, em vídeo disponibilizado no endereço que seria do aplicativo.

O alvoroço online foi imenso. Há pouco menos de um mês, foi lançado no Brasil o aplicativo Lulu, com a mesma premissa, mas exclusivo para mulheres. Em imediato, surgiu a ideia de uma vingança e rapidamente foi anunciado o lançamento do Tubby, a princípio para o dia 4 de dezembro.

No entanto, nesta data, o juiz Rinaldo Kennedy Silva, da 15ª Vara de Crimes contra a Mulher de Belo Horizonte, concedeu uma liminar que mandava bloquear o acesso e a instalação do aplicativo, o que levou a equipe a adiar o lançamento para o dia 6.

Então, nesta madrugada, foi feito o anúncio. Um vídeo foi disponibilizado no site oficial e nele aparece o criador do blog Não Salvo, Maurício Cid, com um suposto investidor coreano e com os supostos criadores do aplicativo. Ative as legendas em coreano e confira.

Após o lançamento, o anúncio de que tudo não passava de uma brincadeira foi feito no twitter do Não Salvo.

Tubby

Tubby

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.