Sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013, atualizada às 13h43

Mais de 350 mil veículos devem passar pelas estradas federais durante o Carnaval


Da Redação
Estradas da região

Aproximadamente 354,2 mil veículos devem passar pela BR-040, nos 180,4 quilômetros que ligam Juiz de Fora ao Rio de Janeiro, durante o feriadão de Carnaval. A informação é da assessoria da Companhia de Concessão Rodoviária (Concer). Além disso, segundo o órgão, será montado um esquema especial de atendimento durante a Festa de Momo. Para isso, serão utilizados 46 papa-filas que atuarão nas praças de pedágio da rodovia, em auxílio às equipes de arrecadadores. O serviço de reboque também contará com reforço nos seis dias de operação especial na BR-040.

O motorista deve redobrar a atenção no quilômetro 50, no distrito de Itaipava, em Petrópolis (RJ), onde uma obra de contenção de encosta interdita parcialmente a pista nos dois sentidos da rodovia. Outra obra de contenção ocorre no quilômetro 65, também em Petrópolis, no sentido Juiz de Fora.

A concessionária recomenda que o motorista evite horários de maior fluxo de tráfego na rodovia (consulte o quadro abaixo). Em caso da necessidade de atendimento médico ou mecânico na rodovia, o motorista deve acionar a Central de Atendimento ao Usuário pelo 0800-282-0040. Portadores de deficiência auditiva e de fala devem ligar para 0800-281-0041.

Horários de maior movimento na BR-040 durante o carnaval

  • Dia 8, sexta-feira – entre 9h e 19h
  • Dia 9, sábado – entre 8h e 13h
  • Dia 10, domingo – entre 9h e 20h
  • Dia 11, segunda-feira – entre 10h e 20h
  • Dia 12, terça-feira – entre 10h e 20h
  • Dia 13, quarta-feira – entre 10h e 14h

Já no trecho sob-responsabilidade da 5ª Delegacia de Polícia Rodoviária Federal (PRF), que compreende a BR-040, do quilômetro 592, no novo viaduto das Almas em Ouro Preto até o quilômetro 829, na divisa dos estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro; e a BR-267, do quilômetro 60, próximo ao trevo de Bicas até o quilômetro 213, no trevo de Bom Jardim de Minas, a operação de fiscalização começou à 0h desta sexta-feira, 8 de fevereiro, e segue até as 24h da Quarta-feira de Cinzas, 13.

Segundo a assessoria da PRF, todo o efetivo irá atuar neste período, sendo que serão utilizadas seis viaturas operacionais equipadas com terminal de consulta móvel e bafômetro. A fiscalização será priorizada nas ultrapassagens indevidas, consumo de bebidas alcoólicas, falta do uso do cinto de segurança, transporte clandestino e más condições de segurança dos veículos.

A assessoria da PRF lembra também que haverá restrição de trânsito para os veículos com dimensões excedentes (confira na tabela abaixo). Caso esta norma não seja respeitada, será autuado ou retido. A proibição será para Combinações de Veículos de Carga (CVC), Combinações de Transporte de Veículos (CTV), Combinações de Transporte de Veículos e Cargas Paletizadas (CTVP) e veículos que possuam ou deveriam possuir Autorização Especial de Trânsito.

Horários de proibição de veículos pesados

  • Dia 8, sexta-feira – entre 16h e 24h
  • Dia 9, sábado – entre 6h e 12h
  • Dia 12, terça-feira – entre 16h e 24h
  • Dia 13, quarta-feira – entre 6h e 12h

Na operação Carnaval de 2012, a PRF registrou 57 acidentes, com 41 feridos e quatro mortos. No total, os policiais federais aplicaram 463 autuações, sendo que 168 foram por ultrapassagem, 88 pelo não uso do cinto de segurança, 15 por não possuir carteira de habilitação e cinco por embriaguez. Em caso de emergência, a pessoa deve ligar para o número 191.

Rodovias Estaduais

A operação Carnaval 2013 sob-responsabilidade da 4ª Companhia Independente de Meio Ambiente e Trânsito Rodoviário (4ª Cia Ind MAT), está sendo desenvolvida da 0h desta sexta-feira, até às 23h59 do dia 13 de fevereiro. No dia 8, entre 16h e 20h, serão desencadeadas operações simultâneas nas principais rodovias da região. Às 15h, iniciam-se os trabalhos de uma blitz de alerta. Inicialmente, esta abordagem contará com a presença da Vigilância Sanitária de Juiz de Fora, com objetivo de combater a importação de casos de dengue.

Segundo a assessoria da 4ª Cia Ind MAT, todo o efetivo será empregado nesse período. Os militares terão como focos principais as abordagens a veículos e as fiscalizações ambientais nos Parques Estaduais de Ibitipoca e Serra do Brigadeiro e nos rios e reservatórios. Os policiais também irão utilizar bafômetros e radares móveis na área urbana de Juiz de Fora e nas rodovias.

Polícia Militar

A Polícia Militar irá empregar 500 policiais, 50 viaturas e a aeronave Pégasus 9 para atuarem entre os dias 8 e 13 de fevereiro somente no município de Juiz de Fora. Além disso, cerca de cem militares do setor administrativo e de outros setores operacionais serão deslocados para cidades que fazem parte da 4ª Região de Polícia Militar (4ª RPM), que estão nos municípios de Leopoldina, Ubá e Muriaé. Já a 3ª Companhia de Missões Especiais também fará policiamento em Juiz de Fora e nas cidades da região com militares do Choque, Rotam, Cavalaria e Trânsito Urbano.

    Recomendações importantes

  • Planejamento da viagem: o motorista deve se informar sobre as distâncias que vai percorrer, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Não esquecer documentação pessoal e do veículo;
  • Revisão preventiva: providenciar a checagem do automóvel, mesmo para pequenas viagens. Faróis acesos para ver e ser visto; pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia. Não esquecer de verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para-brisa e luzes do veículo;
  • Pausas para descanso: o condutor deve programar paradas a cada três horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da hipnose rodoviária, na qual se mantém os olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora;
  • Período noturno: evitar circular à noite. Além da redução da visibilidade, é o horário em que os criminosos mais se aproveitam para a prática de crimes;
  • Previsão do tempo: como existe previsão de chuva, os militares lembram que o piso molhado é um grande diferencial para o número de acidentes;
  • Atenção redobrada: observar as placas que indicam os limites de velocidade e as condições de ultrapassagem. Tais placas não foram colocadas naquele ponto da estrada sem motivo. Nos trechos em obras, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local;
  • Utilização dos dispositivos de segurança: cinto de segurança, bebê conforto, cadeirinha e assento de elevação.

Trechos mais perigosos

  • BR-040 - região de Santos Dumont (curvas e viadutos), Conselheiro Lafaiete até o viaduto das Almas (estrada em mau estado e tráfego intenso);
  • BR-267 - de Juiz de Fora a Bicas (ultrapassagens indevidas);
  • MG-126 - Rio Novo/São João Nepomuceno -Km 0 ao 3 e 12 ao 15 (curvas acentuadas);
  • MG-133 - Rio Pomba/Juiz de Fora - Km 19 e 28 (curvas acentuadas);
  • MG-353 - Juiz de Fora/Coronel Pacheco - Km 60, 62 e 64 (curvas acentuadas); Trevo BR-040/Santa Bárbara do Monte Verde - Km 96 ao 120 (trecho sinuoso;
  • LMG-874 - Juiz de Fora/Matias Barbosa - Km 0 ao 10 (trecho sinuoso);
  • MGT 265 - Rio Pomba/Ubá (todo o percurso);
  • MG-447 - Ubá/Visconde do Rio Branco (todo o percurso);
  • BR-120 - Visconde do Rio Branco/Teixeiras (todo o percurso).

Os textos são revisados por Juliana França

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.