• Assinantes
  • Autenticação
  • Turismo

    Forum da Cultura
    Espaço já foi sede da sala do primeiro reitor da UFJF e é tombado por um decreto municipal, devido ao seu valor histórico, cultural e arquitetônico


     

    Renata Solano
    *Colaboração
    16/01/2008

     

    Abrigo do Forum da Cultura desde de 1972, o imóvel da Rua Santo Antônio, 1112 foi construído para residência de Clóvis Mascarenhas por volta de 1920 e, em 1953, foi adquirido pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), quando abrigou, inclusive, a primeira sala de reitor na história da universidade ocupada pelo professor Moacyr Borges de Mattos.

    "Em primeiro lugar, trata-se de um exemplo em arquitetura do início dos anos 20, quando foi construído como moradia do filho de Bernardo Mascarenhas, o Clóvis Mascarenhas", afirma o gestor do Forum da Cultura, José Luiz Ribeiro.

    O prédio apresenta um estilo eclético inspirado nas vilas italianas. Possui grades e portões em ferro moldado com detalhes fundidos. O jardim da entrada apresenta diversas folhagens e árvores imponentes.

    O teto original é feito em madeira com respiradouros e em metal com detalhes geométricos. Há muita diversidade de lustres, de cristal transparente a cristal com cores fortes. Muitas janelas são decoradas com vitrais em mosaico.

    Além disso, o espaço oferece para seus visitantes inúmeras oportunidades de contato com a cultura, especialmente a juizforana. A pinacoteca, por exemplo, traz autores que exaltam e comprovam a riqueza cultural de Minas Gerais e de Juiz de Fora.

    Pinacoteca
    Foto da Pinacoteca

    É um espaço de exposição permanente da obra de artistas mineiros. Ela teve início nos anos 1990 e possui em sua coleção trabalhos com óleo, gravuras, serigrafias, esculturas e maquetes.

    A coleção foi iniciada através do trabalho e campanha realizados pela jornalista Delma Rocha que conseguiu a doação de vários artistas. Mais tarde o acervo recebeu obras cedidas por vários setores da UFJF.


    Museu de Cultura Popular

    O Forum da Cultura é responsável, também, pelo abrigo do Museu de Cultura Popular, no qual possui exposições mensais e monotemáticas. Possui um acervo de cerca de três mil peças divididas em sete grandes coleções de artesanato de cunho popular e ou folclórico.

    Foto da exposição de presépio Foto da exposição de Nossa Senhora feita de palha Foto de uma exposição de brinquedos que mostra uma bicicleta

    Durante o ano, existem datas em que o museu comemora com homenagem, por exemplo, em maio, à Nossa Senhora; em junho, aos Santos católicos como São João, Santo Antônio e São Pedro; em outubro às crianças com mostra de brinquedos antigos como as petecas feitas com penas e, em dezembro, ao nascimento do menino Jesus com a exposição de cerca de 70 presépios.

    Galeria de Arte
    Foto da Galeria de Arte

    A Galeria de Arte foi criada em 1981 no reitorado do professor Márcio Leite Vaz. Ela fica no segundo andar do Forum da Cultura e é um espaço em que o público tem contato com uma produção de artes plásticas documentais e pedagógicas. Sua abertura acontece apenas a partir do mês de março quando são promovidas duas exposições mensais.

    Através dela, é permitida a exibição de artistas jovens, em especial, universitários do curso de artes que realizam sua primeira exposição, tratando-se de uma oportunidade para os novos artistas da cidade e da região.

    A Galeria do Forum trabalha, também, com outras linhas de ação. Ela promove um resgate da pintura clássica de Juiz de Fora e também trabalha com a iconografia das artes cênicas.

    Teatro

    E, por falar em artes cênicas, o Forum da Cultura é o berço do centro de estudos teatrais do grupo Divulgação. O salão nobre da antiga Faculdade de Direito foi adaptado para a sala de espetáculos, em 1972, quando o professor Gilson Salomão era o reitor.

    Recebeu algumas reformas posteriores para a modernização do espaço e adequação ao teatro. Hoje, o espaço comporta 200 espectadores sentados e tem uma produção voltada para a comunidade.

    Foto da peça de teatro Fábula do Destino Foto do Museu de Cultura Popular Foto da peça de teatro Erguei as Mãos

    O teatro é aberto em março com um seminário sobre o tema e abre sua temporada até julho e depois reabre em setembro até dezembro. "São peças para o público adulto e peças para o público infantil. Dentro desse teatro nós temos um projeto que chama Escola do espectador que permite o acesso de público de baixa renda ao teatro", conta José Luiz.

    Através do Teatro do Forum da Cultura, são oferecidos cursos de estudos teatrais e oficinas (CET) em três segmentos da população: adolescentes, universitários e terceira idade. Segundo o professor, José Luiz, os interessados pagam uma taxa de R$ 40** que custeia os materiais e figurino utilizados.

    Coral

    A outra dica do Forum da Cultura é o Coral Universitário. Ele teve origem nos anos 1960 quando ainda era apenas um pequeno coro que cantava na Igreja da Glória. Hoje, com a supervisão do professor do curso de artes, André Pires, o coral trabalha com pesquisa e estudo das peças de compositores e arranjadores de Juiz de Fora e região e de Minas Gerais, como um todo.

    Horário de funcionamento

    O horário de funcionamento do Forum da Cultura da UFJF é de terça a sexta-feira, entre 14h e 20h30. O telefonde de contato é 3215-3850.

    *Renata Solano é estudante de Comunicação Social da UFJF

    **Valor fornecido em janeiro de 2008


    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.