• Assinantes
  • Autenticação
  • Turismo

    Os diversos destinos da África do SulNem só de Copa do Mundo vive o país que sedia o maior evento futebolístico do planeta. Cultura, diversidade e hospitalidade são aspectos marcantes

    Clecius Campos
    Repórter
    9/7/2010

    Estudar inglês fora do Brasil era o objetivo do jornalista juizforano Igor Aquino Dantas quando resolveu partir para a África do Sul. "Como era o país mais barato e também iria sediar a Copa do Mundo, decidi unir o útil ao agradável." Apaixonado por futebol, Dantas não perdeu a oportunidade de assistir a alguns dos jogos do maior evento futebolístico do mundo, incluindo três jogos do Brasil, contra a Costa do Marfim, contra o Chile e a derrota para a Holanda.

    Mas foi em uma viagem para acompanhar o desempenho dos brasileiros na Copa que ele acabou conhecendo a África de norte a sul. "Estive em Mossel Bay, Jeffreys Bay, Port Elizabeth, Kimberley, Joanesburgo, Durban, Victoria West, Coolsberg, Blufontain, Chintsa e Cape Town, onde moro atualmente."

    Nas andanças, o jornalista visitou pontos turísticos como Table Mountain, em Cabo da Boa Esperança, o Cape Point e o Green Point Stadium, na cidade de Cape Town; o Aquarium, em Durban; o Nelson Mandela Stadium, em Port Elizabeth, o Big Hole, em Kimberley e a Nelson Mandela Square, o Ellis Park e o Soccer City, em Joanesburgo. O Soccer City chamou a atenção do jovem. "Além de ser o maior, ele possui uma arquitetura deslumbrante, a noite fica muito mais bonito. Sensacional!"

    Nas grandes cidades, como Cape Town, Durban, Joanesburgo e Kimberley, há pontos turísticos, restaurantes e opções de entretenimento. "Outras são pequenas e ficam devendo neste aspecto. Porém, em todas elas há backpackers [albergues para mochileiros] onde se conhece gente do mundo o todo, inclusive da África. É uma diversão à parte."

    Por sediar a Copa do Mundo, a África do Sul ganha ares de terra de todos os povos. Esta é a sensação que Dantas teve, diante de toda diversidade. "São várias nações dentro de uma só. Culturas misturam-se em prol de um único ideal: o futebol. É um momento mágico, que certamente veremos acontecer no Brasil em 2014." Para ele, a receptividade e a alegria do povo são motivos suficientes para se fazer uma viagem à África do Sul. "É um país muito parecido com o Brasil. Histórias fantásticas, costumes e culturas interessantes, um povo bastante receptivo e alegre, lugares incríveis e paradisíacos. Acho que isso basta, não é?"

    O único probleminha é a comida, um pouco apimentada, segundo Dantas. "Logo na primeira semana, fui convidado por um colega de classe que já está aqui há mais tempo, para comer uma comida típica. Resolvemos experimentar, compramos e fomos comer em um parque. Quando começamos a comer... Enfim, só começamos. Era impossível. Uma latinha de refrigerante não foi o bastante para nos aliviar daquele gosto de pimenta extremamente forte da boca. A comida infelizmente é um ponto fraco." O jornalista fica na África do Sul por mais um mês.

    Veja fotos da viagem de Igor Dantas à África

    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.