• Assinantes
  • Autenticação
  • Zona Pink

    Tiago Capuzzo afirma que apoio da família é fundamental para lidar contra o preconceito

    Conheça a história da drag queen andrógina e seu relacionamento familiar

    Paulo Inácio
    *Colaboração
    8/10/2015
    tiago

    Tiago Capuzzo trabalha em uma loja de roupas femininas, mas aos fins de semana se dedica à carreira de drag queen, com os seus shows e performances de dublagem. Há sete anos iniciou na vida artística interpretando cantoras do mundo pop, e, logo depois, começou a gravar videoclipes de músicas e coreografias autorais, divulgadas pela internet. Seu último trabalho foi "As Lacradoras", lançado em agosto, que será apresentado junto com mix de músicas de cantoras pop e outras composições próprias, como Stop, Lets Dance Bom Bom, na abertura do Rainbow Fest, nesta sexta-feira, 9 de outubro. Ele também fará outra apresentação no domingo, 11, durante o concurso Miss Brasil Gay Plus Size. Ambos serão às 20h.

    Quando o assunto é família, respeito e boa convivência, Capuzzo se diz um privilegiado por ter total apoio de todos, principalmente, da mãe Sandra. Ao descobrir que o filho era homossexual, através de uma carta do namorado, ela apenas temeu pelo preconceito que ele teria que enfrentar. O artista afirma que este foi um dos momentos mais difíceis de sua vida. "Estava no colégio fazendo cursinho, quando a minha prima, que era a única pessoa que sabia que eu era gay, me ligou pedindo para dormir em sua casa, porque a minha mãe tinha lido as cartas", conta.

    famíliaO momento de conversar sobre as cartas que Capuzzo recebia do namorado foi complicado e deixou a família estremecida, sem saber como lidar com a situação. Mas, segundo ele, esta realidade acontece na maioria dos grupos familiares que possuem um filho ou filha homossexual.

    "Sempre sabem que o filho é gay, mas, talvez, não queiram saber da boca dele. No inicio, falei com uma amiga e fiquei em choque. No outro dia fomos conversar, eu, minha mãe, meu irmão e minha prima. Foi uma barra de inicio, mas deu tudo certo! Ela só perguntou se eu estaria preparado para o preconceito que enfrentaria na minha vida eternamente e se seria feliz. Disse que sim, e ela me aceitou."

    Cotidiano

    Tiago Capuzzo mora com a mãe e o irmão. Os dias de suas apresentações são momentos de muita correria, mas eles se divertem. É a mãe quem ajuda nas produções e figurinos para suas apresentações. Como todo ser humano que tem suas ambições e metas, os desejos de Capuzzo são de crescer e mostrar seu trabalho com muita garra e luz.

    dançaMãe zelosa, Sandra sempre aconselha o filho e se mostra preocupada quando vai fazer shows, mas quando chega em casa, ela se sente aliviada por ter chegado bem, mas, nem sempre isso acontece com outras famílias, que não estão preparadas e que dão importância ao que os outros vão dizer ou pensar.

    Para o artista, o preconceito sempre existirá, pois tudo que foge ao padrão causa um estado de choque nas pessoas. Ele acredita que é preciso mais igualdade, além de mostrar que todos são iguais independente de suas escolhas, além da garantia de direitos e justiça para aqueles que sofrem com a homofobia. "Batalhe, sonhe e acredite no que você deseja. Seja quem você quiser e como quiser, sem medo. Procure a felicidade, é isso que importa." concluí.

    Paulo Inácio é estudante de Jornalismo do Centro Universitário Estácio de Sá

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.