• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Mostra apresenta tendências para decorar, reformar e construirUm dos destaques do evento é um quarto criado para portadores de necessidades especiais, dentro do parâmetro universal

    Jorge Júnior
    Repórter
    8/9/2011
    quarto

    Juiz de Fora recebe, pela primeira vez, uma mostra que apresenta ideias e soluções atuais para decorar, reformar ou construir. A mostra, que está em sua 21º edição, chegou à cidade com o objetivo de destacar os profissionais e o mercado local.

    O evento reúne 44 profissionais entre arquitetos, decoradores e paisagistas, expondo todas as tendências e novidades do mercado em 28 ambientes, montados em uma casa, na rua Silva Jardim 430, no bairro Santa Helena. "Para o espaço, foi criado um contexto que envolve uma família fictícia, composta por um casal com dois filhos: um jovem e um bebê", explica uma das organizadoras do evento, a designer Valéria Rezende. Na residência, também foi feito um espaço para um morador com necessidades especiais.

    Logo na entrada, a casa conta com um jardim, além dos quartos, sala de estar, cozinha gourmet, galeria de arte, adega de vinhos, jardim comestível, lounge, espaço zen, sala de joias, home office, garagem, banheiros, famyly room e um espaço de TV, homenageando o cineasta e documentarista João Carriço. "Onde está a adega, era uma dispensa. No quarto de hóspedes, havia uma dependência de empregada. O espaço foi todo reaproveitado. Alguns materiais que foram utilizados para a reforma da casa, ainda não chegaram às lojas", explica Valéria. "Usamos tudo que há de mais moderno no mercado", afirma. Na horta, cerca de 20 mudas estão plantadas.

    Valéria diz que a busca do local onde ia ser instalada a mostra começou em março. O processo de construção acabou em setembro. "Foram gastos dois meses. Estamos realizados. Todos os espaços estão muito bonitos e as pessoas estão gostando bastante", afirma. O evento ocorre até o dia 16 de outubro.

    Quarto de acessibilidade

    Pensando em adequar um ambiente confortável e ao mesmo tempo bonito, o arquiteto Luiz Cláudio Cunha e o design de interiores João Paulo Braga desenvolveram um quarto para os portadores de necessidades especiais, dentro do parâmetro universal. "É um quatro que atende a todos, desde crianças até idosos, com algum tipo de imobilidade. Pensamos em algo novo, com o objetivo de mostrar que a pessoa vai ter um quatro bonito e confortável, podendo fazer tudo sozinha", diz Braga.

    O quarto que pode ser dez por cento mais caro que um ambiente comum possui espaço para a locomoção no caso de cadeira de rodas. O rodapé é mais alto do que os tradicionais, para a roda da cadeira não esbarrar na parede. Outro destaque é o recuo do pé da cama e do pé do guarda-roupa que são mais altos do que os tradicionais, com o intuito de dar mais liberdade ao cadeirante ao se locomover para a cama e abrir as portas do armário. No guarda-roupa, a sapateira e as gavetas são de correr, o que garante mais independência.

    O ambiente também possui um sistema de comando de voz para o abajur e para o relógio, além do sistema de automação, pelo qual é possível controlar a luz do quarto e a abertura da persiana.

    Fotos dos ambientes

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.