• Assinantes
  • Autenticação
  • Cidade

    Polícia Militar promove encontro com imprensa para estreitar laços

    Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
    29/03/2016

    A Quarta Região de Polícia Militar (4ªRPM) de Minas Gerais promoveu, na manhã desta terça-feira, 29 de março, um encontro com representantes dos veículos de comunicação de Juiz de Fora para esclarecer algumas dúvidas sobre o funcionamento do COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar) e da abordagem policial. O major Marcellus Machado, responsável pela assessoria de comunicação da 4ªRPM, explicou que "desde que assumi a assessoria, tive a ideia de criar o ambiente e trazer a imprensa para o nosso lado, estreitando os laços. A ideia é trazer inovações e melhorias na segurança pública e ser fonte de notícia policial, tanto para a imprensa quanto para o cidadão."

    Além disso, durante o encontro, os profissionais de comunicação foram informados sobre o funcionamento do COPOM, todo o trâmite desde o 190 até o sistema operacional e como são feitas as abordagens policiais. "Temos um caderno doutrinário, que determina a forma de fazer essa abordagem, respeitando os direitos constitucionais do cidadão", diz. O major completa que, em algumas abordagens, é necessário interromper o trânsito de veículos. "Percebemos que alguns transeuntes questionaram o porque do trânsito estar interrompido. Mas isso só é feito para garantir os direitos do abordado e da própria comunidade."

    Por fim, os representantes participaram de uma simulação de uma incursão policial, dentro da sede do 2º Batalhão. "Mostramos o grau de dificuldade, o stress que causa uma situação de risco, como é entrar em um aglomerado, a necessidade de tomar conta de portas, janelas, pessoas suspeitas passando, cidadãos comuns. Mostramos a nossa realidade, mas estamos trabalhando com orgulho de servir e proteger os mineiros", conclui.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.