Sementes de hoje Alunos, professores e diretoria de Escola Municipal se unem pelo Meio Ambiente

Guilherme Oliveira
Colabora??o*
01/06/2007

A frase "Pensar globalmente, agir localmente" sempre vem ? tona quando o assunto ? Meio Ambiente, mesmo que muitos n?o a utilizem na pr?tica e coloquem seus interesses ? frente de qualquer bem estar mundial. Mas os 240 alunos da Escola Municipal Jos? Guimar?es Rosa, do ensino infantil ao nono ano, j? aderiram a proposta e se tornam, diariamente, multiplicadores de um mundo melhor.

A escola, fundada em 1972, h? quatro anos desenvolve projetos interdisciplinares, que abrangem temas como exclus?o e racismo. Desde o ano passado, por?m, foi tomada a decis?o de se criar um projeto ?nico, sobre o Meio Ambiente, sem deixar de lado as outras a?es que s?o discutidas em sala de aula.

Em 2006 o tema foi sobre a import?ncia da ?gua. Nesse ano, a preocupa??o ? com o Aquecimento Global. "N?s quer?amos que a escola tivesse uma realidade. Quando se falar no nome dela, logo se associar ao Meio Ambiente, nossa escola tem esse perfil. Se n?o conscientizarmos esses meninos, onde vamos parar, eles v?o mudar o mundo. O aquecimento global tem sido muito divulgado e as crian?as reconhecem isso", diz a diretora da Escola Sandra Helena C. Almeida (foto abaixo) sobre a import?ncia do novo tema.

Diretora da E.M Jos? Guimar?es Rosa Na escola, a preocupa??o com o Meio Ambiente se liga a todos os outros projetos, seja no futsal, jud? e na dan?a. Tanto, que 50 alunos representaram a escola no Fest Ler, nessa ?ltima quinta-feira, dia 31 de junho, com dan?as sobre a ?gua e com v?rias mensagens chamando a aten??o de todos por um mundo mais consciente.

"Aqui, a gente aprende um pouco de tudo. Visitamos florestas, aterros sanit?rios, conhecemos a realidade do nosso planeta, n?o ficamos apenas na fic??o. Passamos essas informa?es para nossos pais e vizinhos para termos um pa?s mais digno para se viver, assim eles v?o saber o que deve e o que n?o deve ser feito. Temos que deixar o planeta do jeito que Deus deixou pra gente", diz a aluna Nayara Mabia, de 13 anos.

Professor de portugu?s da E.M Jos? Guimar?es Rosa A conscientiza??o sobre o meio ambiente j? rendeu pr?mios para a escola, como o AMAJF pela atua??o em prol do meio ambiente. Na secret?ria cartazes espalhados indicam novos caminhos e projetos. Como o "Amigos do Mar" em que os alunos concorrem atrav?s de desenhos, "O melhor lugar do mundo", atrav?s da reda??o, "Guardi?es da Biosfera", entre outros.

Para o professor de portugu?s, Ely dos Santos (foto ao lado), toda essa preocupa??o por um mundo melhor tamb?m ajuda dentro da sala de aula. "Eles aprendem a se expressarem melhor, a questionar, melhoram na linguagem escrita e oral. A informa??o, a forma??o e a conscientiza??o de todo esse projeto mexe com eles. Quando se tem not?cias sobre o meio ambiente eles se preocupam em trazer para a escola todas as informa?es. N?o ? s? durante um momento, ? durante todo o ano", reconhece o professor. Flor

Mobiliza??o

Se vontade e iniciativa todos na escola j? tem, recursos nem tanto. Para isso, professores e diretoria conseguiram verbas em trabalhos particulares que foram aprovados por ?rg?os de educa??o para fornecer aos alunos melhores condi?es de aprendizado e de se aprofundar nos temas propostos.

Foto da fachada da E.M Jos? Guimar?es Rosa

"Ano passado tivemos um projeto aprovado, com os recursos equipamos a escola com m?quina digital que virou um patrim?nio nosso. N?o ficamos sentados, reclamando. L?gico que a gente pede mais verba, mas n?o esperamos. Corremos atr?s com projetos particulares", conta a diretora.

Foi assim com a professora de literatura, de cinema, em que tamb?m conseguiram para os alunos mais livros para a biblioteca, televis?o e v?deos. "O envolvimento dos professores ? muito grande. Esses trabalhos s?o realizados fora dos hor?rios dos professores, trabalhamos aos s?bados, dia de folga", destaca Sandra.

Mensagem para um mundo melhor
Os homens est?o operando a natureza e a cicatriz que est? ficando nela ? um
peda?o da nossa vida que some. Quando a natureza estiver toda cicatrizada, nossa
vida estar? toda desmanchada. Pense nisso!!! Essa mensagem  foi
escrita pelo aluno Alisson Bergamin Sarmento, 13 anos, do 7? ano

*Guilherme Oliveira ? estudante de Comunica??o Social da UFJF