• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Quinta-feira, 29 de abril de 2010, atualizada às 13h40

    Terceira Idade mostra vitalidade durante apresentação de dança

    Aline Furtado
    Repórter
    23/4/2010

    Quem passou pelo Calçadão da Halfeld no início da tarde desta quinta-feira, 29 de abril, teve a oportunidade de assistir à apresentação de dança das alunas da Terceira Idade do Despertar Studio de Dança Vivian Mockdece.

    O espetáculo contou com dois números de dança, Flash Dance e Chica Chica Bum. Usando adereços, como boás coloridos e chocalhos confeccionados com garrafas pet, as dançarinas mostraram vitalidade e emoção.

    Para a dançarina Edna de Moraes Pinheiro, 70 anos, que pratica dança há um ano, a apresentação teve caráter de estreia. "Já nos apresentamos outras vezes, mas assim, ao ar livre, nunca. Isto nos deixa ansiosas, porque o público está bem perto. Mas a experiência foi muito boa."

    Maria da Glória Freitas di Marco, 64 anos, que dança há um ano, enumera os benefícios adquiridos com a prática. "Tive um problema de saúde e, depois que comecei a dançar, sou outra pessoa. Faz bem para a cabeça e para a saúde também."

    A professora do grupo, Tayane Mockdece, lembra que o projeto, voltado para pessoas acima dos 50 anos, oferece aulas de dança livre, trabalhando movimentos simples. "Durante esse um ano de trabalho, percebi grande melhoria com relação à coordenação motora, à musicalidade e ao convívio social das alunas. A abertura para que sejam vistas é muito importante." Segundo a professora, a intenção é aumentar o número de shows na cidade e levá-las também para outros municípios. "Mas, para isso, é fundamental contar com parcerias."

    Apresentação de dança Apresentação de dança

    A apresentação integrou o 2º Festival Nacional de Dança, que ocorre em Juiz de Fora até o próximo sábado, 1º de maio. Na sexta-feira, dia 30, está programada a encenação do Laboratório Volátil, na Praça da Estação. Entretanto, o espetáculo só será realizado em caso de chuva. Às 20 horas, no Teatro da Academia, será a vez de O jardim das rosas amarelas, com a Companhia Gira Dança, de Natal, Rio Grande do Norte. O grupo reúne bailarinos com e sem deficiência.

    Os interessados em assistir ao espetáculo O jardim das rosas amarelas devem trocar o convite na sede da Fundação Cultural Alfredo Ferreira Lage (Funalfa), que fica na avenida Rio Branco 2.234, entre 8h e 12h e entre 14h e 18h. A troca é feita mediante a entrega de um livro de literatura em bom estado ou um quilo de alimento não perecível, exceto sal e fubá.

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.