• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Quinta-feira, 27 de maio de 2010, atualizada às 13h

    Produção cinematográfica independente A Bomba D'água seleciona atores

    Pablo Cordeiro
    *Colaboração

    No próximo dia 5 de junho, a equipe do curta-metragem digital A Bomba D'água irá selecionar atores e atrizes para o elenco de atuação. A seleção ocorre no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM) e o perfil aguardado é de homens de 25 a 65 anos, mulheres de 40 a 55 anos e crianças do sexo masculino, de 12 a 14 anos. O horário de audição deve ser agendado pelo telefone (32) 8825-5227.

    Segundo a produtora responsável pelo elenco Nathália Carvalho, os atores selecionados terão uma ajuda de custo, ainda não determinada por dia de gravação. "É preferencial que a pessoa tenha experiência em cinema, vídeo ou teatro. Mas aqueles que têm interesse em começar uma carreira também podem participar. A equipe de produção já está formada e o equipamento pronto. Só restam esses atores."

    Além da ajuda de custo, também será oferecido para os selecionados alimentação e transporte. A audição tem objetivo de completar seis papéis entre personagens principais e de apoio. As gravações irão ocorrer nos dias 26 de junho e 3 e 4 de julho, próximas ao bairro São Pedro. A expectativa é de que o filme esteja finalizado em agosto e tenha duração de seis minutos.

    Alcides e a bomba d'água

    O filme conta a história de Alcides, um homem do campo que pretende instalar uma bomba d'água em sua casa a fim de oferecer um pouco mais de conforto à esposa. O enredo é baseado no conto homônimo de Maria Thereza Pereira, uma senhora de 83 anos que mantém na internet textos em diferentes sites e blogs. "Desde dezembro procurávamos um tema para o curta. Entramos por acaso no site da Maria e começamos a nos interessar pelos textos. Esse encaixava mais no orçamento e a história chamou muito nossa atenção", explica um dos diretores da produção, Eduardo Malvacini.

    Segundo o diretor, a autora do texto que inspirou o roteiro ficou satisfeita e feliz com a escolha. "Ela cedeu os direitos e ficou curiosa para saber sobre a produção. Pediu para informar sobre o andamento do filme." O curta-metragem é produzido por alunos da faculdade de Comunicação Social da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e também conta com Carolina Caniato na direção e Solléria Rezende na produção.

    O casal de diretores foi ganhador em 2008 do prêmio José Sette de incentivo, pelo vídeo Tornado, no Primeiro Plano Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades, e classificados pelo júri entre os cinco melhores, na edição de 2009, pelo vídeo Perseguição, ambos na Mostra Regional.

    *Pablo Cordeiro é estudante do 10º período de Comunicação Social da UFJF

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.