Quarta-feira, 21 de março de 2012, atualizada às 16h43

Arte sai da sala de aula e ganha os corredores de escola municipal

Da Redação
Habituarte

Levar a cultura para as paredes da Escola Municipal Manuel Bandeira, no bairro Nossa Senhora Aparecida. Essa é a proposta do professor de Artes Wagner Fernando de Castro, por meio do projeto Habituarte que, a partir desta quinta-feira, 22 de março, pretende levar gravuras de grandes mestres da pintura aos espaços antes exclusivos a informes. Haverá espaço também para trabalhos de artistas locais, bem como de professores e alunos.

O objetivo é levar a arte ao dia a dia dos estudantes utilizando uma proposta pedagógica que vê o estudo da disciplina dentro do tripé contextualização, apreciação/discussão e fazer artístico. A ideia é também proporcionar aos alunos a oportunidade de conviver com as artes visuais de forma espontânea e sistemática, fazendo do ensinar/aprender uma experiência feliz, alegre e plena de descobertas que vão ajudar na formação de cidadãos críticos e conscientes do seu papel na sociedade. Além de observar as obras, os estudantes serão incentivados a aprofundar o entendimento por meio da leitura de livros e textos relacionados.

Homenagem a Manuel Bandeira

Em homenagem ao poeta que dá nome à escola, dois corredores da instituição passarão a ser chamados de Galeria Pasárgada e Galeria Madrigal, sendo que o primeiro receberá, inicialmente, gravuras impressionistas de Degas, Gauguin, Monet, Renoir e Van Gogh, todas com etiquetas informativas. A segunda galeria receberá, neste primeiro momento, os mosaicos da coleção "Fragmentos do Tempo", do artista plástico e professor da Escola Municipal Manuel Bandeira, Leonardo Paiva, que já fez 13 exposições e mais de 13 coletivas.

Estudantes de outras instituições poderão agendar visitas, a partir do dia 23, pelo telefone (32) 3690-7671.

Os textos são revisados por Mariana Benicá

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.