• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Terça-feira, 30 de setembro de 2014, atualizada às 17h33

    Obras de restauração do Cine-Theatro Central já estão em andamento

    Lucas Soares
    Repórter

    Após a posse oficial do novo reitor da Univerisdade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Júlio Chebli, estão em andamento as obras de restauração do Cine-Theatro Central, antes previstas para o início de setembro. A agenda de shows será cumprida normalmente.

    Com previsão para de conclusão em março de 2015, os trabalhos de restauração já está sendo executados no interior do prédio. "Estamos trabalhando primeiramente com o restauro da pintura, trocando as cortinas, todo com material anti-incêndio, a ciclorama, o bandô. Nossa licença junto ao Corpo de Bombeiros já está renovada. Depois disso, partiremos para a parte externa. Terminado o restauro, vamos fazer o estudo da bilheteria eletrônica e depois um estudo para criarmos um museu, de visitação diária. É um processo lento, por se tratar de um bem público, mas vamos modernizar tranquilamente. Pode ter certeza", garante o Pró-Reitor de Cultura da UFJF, Gérson Guedes.

    Sobre a bilheteria eletrônica, que foi alvo de críticas do ator Paulo Gustavo em agosto, Guedes garante que busca uma solução para implantação do equipamento. "Estamos fazendo um estudo para instalação e conversando com os produtores locais que promovem mais shows no Central. Precisamos ver se vamos adaptar isso ao cartão de crédito, temos que abrir um processo licitatório, ou ver se através da própria universidade se eles podem implantar e dar manutenção. Isso é compensador, prático, mas não pode criar uma dificuldade para o produtor local. Se todos os ingressos são vendidos pelo cartão de crédito, como o produtor vai pagar ao artista e a casa no dia do evento? São questões que ainda temos que avaliar", completa.

     

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.