Volume de questões é preocupação às vésperas do EnemPara coordenador, o importante agora é não ficar preso ao conteúdo e estar atento às temáticas atuais, acompanhando as notícias

Melissa Ribeiro
Repórter
2/12/2009

Começam neste sábado, dia 5 de dezembro, em todo o Brasil, as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Mais de 16 mil alunos estão inscritos em Juiz de Fora. No primeiro dia de exame, as provas serão realizadas das 13h às 17h30 e no domingo, dia 6, das 13h às 18h30, pelo horário oficial de Brasília.

A duração da prova, tendo em vista o volume de questões, é uma das principais preocupações dos alunos. O estudante Robson Anastácio, 21, candidato a uma vaga no curso de Administração, acredita que o tempo para a realização do exame será um dos principais desafios. "O desgaste mental é muito grande porque a prova é longa e exige muito raciocínio".

Na reta final para o Enem, o coordenador do ensino médio de um colégio, Flávio Salgado afirma que o momento deve ser de confiança. "É importante que o estudante não fique preocupado com o conteúdo, mas que ele trabalhe em cima de textos de jornais e revistas, estando atento às temáticas atuais. A preparação já foi feita ao longo do ano".

É o que tem feito a estudante Mariana Diniz, 18, que vai tentar vestibular pela segunda vez para o curso de Direito. "Antes eu vinha me preparando mais. Agora, diminui o ritmo dos estudos e estou procurando me informar sobre aspectos gerais de atualidades. Vou tentar ler as questões com mais calma e buscar fazer a prova com bastante atenção", diz.

Para manter a tranquilidade e a segurança durante as provas, a dica da psicóloga Maria da Consolação Chaves Souza é cuidar da saúde do corpo. "Os alunos estão muito ansiosos nessa fase. Muitos têm insônia. O ideal no momento é uma boa noite de sono, não tomar calmante e só ir para cama quando o sono vier".

Vencer a ansiedade e a expectativa se torna mais um desafio para os candidatos, que tiveram a surpresa de um adiamento na data do exame depois do vazamento das primeiras provas. Para o coordenador de um curso preparativo para o vestibular, Sérgio Castro, a mudança da data trouxe desânimo para alguns estudantes, que acabaram perdendo o ritmo de estudo. "Muitos alunos estão indo fazer a prova porque já fizeram a inscrição, mas estão desmotivados". Esse é o caso da aluna Cinthya Ruffo, 17, que pretende cursar Engenharia Mecatrônica na UFJF. "Como eu vou tentar vestibular em outras universidades as provas acumularam no mês de dezembro".

Veja como proceder na hora da prova

As orientações do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais (Inep) para a hora da prova são as de praxe em qualquer exame ou vestibular. É preciso ter em mãos o cartão de confirmação de inscrição. Não será válido o cartão anterior, impresso em papel na cor branca. O candidato deve comparecer ao local com uma hora de antecedência, respeitando a hora de Brasília, tendo atenção com o horário especial de verão e fuso horário. O estudante precisa ainda estar munido do cartão-resposta do questionário socioeconômico, de caneta esferográfica preta ou azul, do original de um documento de identidade expedido pelos comandos militares.

As provas do Enem trazem questões sobre quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias (incluindo redação); ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias. A proposta do Ministério da Educação é avaliar não só os conteúdos trabalhados no ensino médio, mas também os conhecimentos e experiências práticas acumuladas ao longo da vida.

Os candidatos podem conferir os locais de prova no site do Enem ou pelo telefone 0800-616161. O cartão de confirmação de inscrição, enviado pelos Correios, também traz informações sobre o local onde a prova será aplicada.

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Retrospectiva

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.