Oferta de estágio cresce 150% em Juiz de ForaAtualmente, mais de 500 vagas de estágio estão sendo oferecidas na cidade, por meio do CIEEMG. Aumento deve-se à reestruturação das empresas

Clecius Campos
Repórter
2/3/2010

A oferta de vagas de estágio em Juiz de Fora está pelo menos 150% maior em março. De acordo com dados do Centro de Integração Empresa Escola de Minas Gerais (CIEEMG), atualmente, mais de 500 oportunidades para estudantes estão sendo oferecidas na cidade. Normalmente, a oferta mensal é de 200 vagas.

"O aumento deve-se à reestruturação das empresas, que ocorre no início do ano. Os empreendedores mudam quadros, projetam objetivos e essas alterações envolvem pessoas. O estagiário é o futuro profissional, por isso a oferta", analisa a supervisora do CIEEMG, Thereza Rampinelli. Para Thereza, outro fator que pode estar alavancando a demanda por aprendizes é o crescimento da economia. "As autoridades acreditam que 2010 será um ano próspero, apoiadas no otimismo do presidente [Luíz Inácio Lula da Silva - PT] de crescimento econômico de 5,8% no ano. Os empresários acreditam no país e investem em contratações e treinamentos."

As vagas estão distribuídas em três grandes grupos de formação: 40% delas são destinadas a acadêmicos do ensino superior, 30% a estudantes do ensino médio e os outros 30% para alunos de cursos técnicos. As áreas de atuação são variadas. "As oportunidades estão presentes em pequenas, médias e grandes empresas. O cuidado que temos é encaminhar o aluno para o exercício de atribuições que sejam condizentes com sua formação, seguindo o que a lei preconiza."

Também definida pela Lei 11.788/08, conhecida como Lei do Estágio, é a carga horária máxima dos estágios, que não pode ultrapassar seis horas diárias nem exceder 30 horas semanais. "Um estagiário de medicina, por exemplo, pode ser requisitado no final de semana, pois a lei permite. O importante é seguir os intervalos para estar de acordo com a legislação", alerta. A remuneração de estágios em Juiz de Fora varia de R$ 300 a R$ 500, mais o vale-transporte, que é um direito do aluno.

Perfil do estagiário e contratação
"A criatividade é o ponto principal. No mercado de trabalho, ela é traduzida na iniciativa de mostrar o novo, apresentar sistemas diferenciados, gerando novidade para a empresa."

De acordo com Thereza, as empresas estão cada vez mais exigentes quando o assunto é a qualidade de trabalho a ser apresentado pelo estagiário. No perfil do aprendiz deve estar contido domínio em informática, comprometimento, pontualidade, ética, dedicação e criatividade. "A criatividade é o ponto principal. No mercado de trabalho, ela é traduzida na iniciativa de mostrar o novo, apresentar sistemas diferenciados, gerando novidade para a empresa. O empregador vê o estagiário como uma conexão do que está sendo ensinado hoje no meio acadêmico com prática do mercado. Aquele que alia o saber ao fazer e tem os requisitos é contemplado com o emprego."

Segundo a supervisora do CIEEMG, 40% das empresas parceiras da instituição contratam estagiários. A proporção é considerada boa. "Os empresários não têm mais a visão de que o aprendiz é mão de obra barata. O estudante é encarado como um colaborador, formado pela própria empresa, por isso é dado valor a esse profissional."

Para o aluno que passa pela experiência de estágio os ganhos também são muitos. Segundo Thereza, o período de aprendizagem na empresa é ideal para verificar na prática a aplicação dos conhecimentos adquiridos em sala de aula e nos livros. "O estudante vê a realidade do mercado e do ambiente. Aprende a lidar com colegas de profissão, com pessoas, o que pode ser muito difícil, por conta dos diversos temperamentos. Ou seja, é a vivência daquilo que o espera na vida profissional."

Aprendizagem e amadurecimento

O estudante de administração Pedro Saleh acaba de ser efetivado na instituição onde trabalha. Ele afirma ter aproveitado bem seu período de estágio. "Se eu não tivesse passado pela aprendizagem, certamente não conseguiria exercer as atividades que faço hoje, como funcionário. O estágio é um grande momento para fazer uma rede de contatos, conhecer o mundo empresarial e atuar em equipe de forma afinada, com os mesmos objetivos."

Outro estudante de administração, Kennedy Reis, está se despedindo do estágio para integrar o quadro de funcionários de uma empresa na cidade. "O período foi de muito amadurecimento interno e profissional. Aprendi aspectos importantes da administração e pude levar muitos conhecimentos de volta para o meio acadêmico. Hoje me sinto mais preparado para o mercado de trabalho", diz confiante.

A pedagoga Cristiane Alves conheceu a verdadeira vocação durante o estágio. "Minha intenção inicial era trabalhar com crianças, em sala de aula. O aprendizado na área empresarial me fez perceber que esse era o meio em que gosto de trabalhar. O estágio me ajudou muito a definir isso." Hoje, Cristiana é pós-graduada em gestão empresarial.

Serviço

O CIEEMG recebe inscrições gratuitas de estudantes interessados em estágio, das 9h às 18h, na Praça da Estação, 48, no Centro. Os estudantes de ensino superior e de cursos técnicos precisam levar uma foto 3x4, carteira de identidade e CPF. Os alunos do ensino médio, além dos documentos já citados, devem ter em mãos um certificado de qualificação, como comprovantes de conclusão de curso de secretariado, informática ou telemarketing, por exemplo. "A certificação é interessante, pois dessa forma poderemos fazer o encaminhamento ideal deste estudante", informa Thereza. O centro contabiliza 1.480 estudantes, estagiando em Juiz de Fora. A instituição tem 6.490 alunos cadastrados.

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.