Terça-feira, 16 de agosto de 2011, atualizada às 16h30

Primeiro dia da greve dos professores municipais de Juiz de Fora tem adesão de 92% da categoria

Jorge Júnior
Repórter
professor

O primeiro dia da greve dos professores da rede municipal de ensino de Juiz de Fora teve adesão de 92% da categoria, segundo informações do presidente do Sindicato dos Professores (Sinpro), Flávio Bitarello. O movimento foi iniciado nesta terça-feira, 16 de agosto, e confirmado em assembleia realizada com os representantes da classe, também nesta tarde.

"Os 900 professores que compareceram à reunião optaram pelo movimento em favor do piso nacional." Logo após o término do encontro, os profissionais desceram o Calçadão da rua Halfeld, em direção à Secretaria de Educação (SE), na praça Antônio Carlos, onde realizaram um protesto, mas não obtiveram a palavra da secretária de Educação, Eleuza Maria Barbosa.

Outra assembleia foi marcada para esta quinta-feira, 18, às 14h, haverá uma nova assembleia na escadaria da Câmara Municipal, aproveitando a realização de uma audiência pública que discutirá o piso nacional dos professores, às 15h. "A secretária de Educação e o secretário de Administração e Recursos Humanos (SARH), Vitor Valverde, foram convocados para a audiência." De acordo com a assessoria de imprensa da SE, 47 mil alunos da rede municipal estão sem aulas, devido ao movimento.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.