Juiz de Fora - MG

Candidatos juizforanos já gastaram R$ 6,1 mi em campanha Investimento equivale a 0,55% do Orçamento de JF para 2011. Itamar declarou ter investido mais que todos os candidatos juizforanos à Câmara Federal juntos

Clecius Campos
Repórter
16/9/2010

Os 40 candidatos ao Senado, à Câmara Federal e à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) que têm domicílio eleitoral em Juiz de Fora já gastaram R$ 6,1 milhões na campanha eleitoral. O valor é referente à segunda prestação de contas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), responsabilidade dos próprios candidatos, e equivalente a 0,55% de orçamento previsto para a cidade de Juiz de Fora para os exercícios financeiros de 2011. Os candidatos declararam ainda ter bens que somam R$ 51.247.171,68.

Juntos, os concorrentes a uma vaga na ALMG declararam ter investido R$ 916.727,34 até o início de julho. Os destaques são para os tucanos Lafayette Andrada e Rodrigo Mattos, que informaram ter despesas de R$ 276.767,75 e de R$ 200.456,33, respectivamente. O peemedebista Bruno Siqueira disse ter investido R$ 167.394,05 até a segunda prestação de contas. Agostinho Valente (PDT) e Eduardo D'Oxóssi (PV) — o último com candidatura impugnada, mas com recurso impetrado ainda sob julgamento — declararam não ter gastos até o momento.

Os políticos juizforanos que pleiteiam a Câmara Federal investiram ao todo R$ 2.493.934,04 na campanha. Luiz Fernando (PP) é o que mais despesas declarou: R$ 653.713,73. Ele é seguido pelo deputado federal Júlio Delgado (PSB) que informou gastos no valor de 451.891,18. O ex-secretário de Estado de Saúde, Mascus Pestana (PSDB), investiu R$ 417.599,39, enquanto Omar Peres (PSL)teve R$ 307.104,67 em despesas com a propaganda eleitoral. Do PV, Jamelão, Júlio Costa e Viviane Ferreira declararam gasto zero.

Pleiteando vaga no Senado, o ex-presidente Itamar Franco (PPS) declara ter investido três vezes mais que todos os candidatos à ALMG: R$ 2.760.936,83. O valor também supera a soma dos gastos de todos os concorrentes juizforanos à Câmara Federal. O outro candidato juizforano ao Senado, Rafael Pimenta (PCB), declarou não ter tido gastos até o momento. O sistema de prestação de contas do TSE informa que seis candidatos aos três cargos deixaram de entregar as prestações parciais (ver quadro completo abaixo).

Maioria tem ensino superior

A maioria dos candidatos juizforanos declarou ter cursado o ensino superior completo: 67,5%. Os dois candidatos ao Senado terminaram a faculdade. Quatorze dos 18 concorrentes à ALMG são formados (77%). O menor índice fica entre os políticos que disputam vaga na Câmara Federal: 11 dos 20 terminaram o ensino superior. No quadro geral, dois deles só iniciaram a faculdade. Nove declaram ter o ensino médio completo e dois ter o ensino fundamental incompleto.

Despesas dos candidatos com campanha
Senadores
Candidato (Partido) Gastos até 2ª parcial*
Itamar Franco (PPS) R$ 2.760.936,83
Rafael Pimenta (PCB) R$ 0
Total R$ 2.760.936,83
Deputados Federais
Cabo Wilson do Gás (PMN) R$ 5.408
Detinho (PMN) R$ 49
Edmar Moreira (PR) R$ 136.863,04
Jamelão (PV) R$ 0
Júlio Costa (PV) R$ 0
Julio Delgado (PSB) R$ 451.891,18
Júlio Gasparette (PMDB) R$ 16.013,40
Luiz Fernando (PP) R$ 653.713,73
Luiz Penna (PV) R$ 305
Luiz Sefair (PHS) Não entregou
Luiz Soranço (PHS) R$ 6.790
Marco Lisboa (PTC) Não entregou
Marcus Pestana (PSDB) R$ 417.599,39
Margarida Salomão (PT) R$ 163.873,73
Noraldino Junior (PSC) R$ 35.970,80
Omar Peres (PSL) R$ 307.104,67
Paulo Delgado (PT) R$ 161.304
Rosana Nascimento (PV) Não entregou
Viviane Ferreira (PV) R$ 0
Wadson Ribeiro (PCdoB) R$ 137.048,10
Total R$ 2.493.934,04
Deputados Estaduais
Agostinho Valente (PDT) R$ 0
Aloizio Penido (PHS) R$ 65.782,46
André Nogueira de Ávila (PSTU) R$ 300
Biel (PT) R$ 36.149,16
Bruno Siqueira (PMDB) R$ 167.394,05
Eduardo D'oxossi (PV) R$ 0
Flávio Cheker (PT) R$ 16.887,40
Francisco Belgo (PR) R$ 2.260
Isauro Calais (PMN) R$ 46.606,60
Jane Ferraz (PV) R$ 9.649
Juraci Scheffer (PSB) R$ 29.524,91
Lafayette Andrada (PSDB) R$ 276.767,75
Leonardo Moreira (PSDB) R$ 57.802,68
Marcos Trajano (PCdoB) Não entregou
Nair Guedes (PCdoB) Não entregou
Nilton Gatti (PTC) R$ 424
Otavio Costa (PCdoB) Não entregou
Rodrigo Mattos (PSDB) R$ 200.456,33
Rogerio Ghedin (PTB) R$ 6.723
Total R$ 916.767,34

*repassados ao TSE entre 1/9 e 3/9

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.